05 de dezembro de 2020
Mais
    Capa Destaques Trezentos quilos de maconha são apreendidos pela Polícia Civil
    EM CUIABÁ

    Trezentos quilos de maconha são apreendidos pela Polícia Civil

    Imagem: droga Trezentos quilos de maconha são apreendidos pela Polícia Civil
    Maconha apreendida- Foto: Assessoria

    Em torno de 300 quilos de maconha foram apreendidos na tarde desta quinta-feira (19) pela Delegacia Especializada de Entorpecentes (DRE) da Polícia Civil de Mato Grosso, em uma residência no bairro Jardim Vitória, em Cuiabá.
    Os policiais civis da unidade especializada chegaram à localização do entorpecente após receber a informação da Delegacia de Diamantino de que havia uma casa em Cuiabá que servia de depósito para a droga.

    A equipe de investigação da DRE realizou diligências no bairro e conseguiu chegar à residência onde foram localizados 350 tabletes do entorpecente, que devem pesar aproximadamente 300 quilos de maconha.

    De acordo com o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, o entorpecente passará por perícia da Politec. As investigações terão continuidade para identificar e prender o responsável pela substância ilícita e os envolvidos com a droga apreendida.
    Droga em carga de milho

    Esta é a segunda grande apreensão de entorpecentes em uma semana realizada na região metropolitana de Cuiabá, totalizando junto com a droga localizada nesta quinta-feira, mais de uma tonelada entre maconha e cloridrato de cocaína.

    No dia 12 de novembro, a equipe da DRE aprendeu em um caminhão bitrem 450 tabletes de cocaína escondidos em uma carga de milho. O veículo foi abordado pelos policiais civis na Rodovia dos Imigrantes, próximo à entrada do bairro São Matheus, em Várzea Grande. Em checagem a uma denúncia recebida, os policiais abordaram o motorista e depois de busca no veículo encontraram os fardos da droga escondidos em meio à carga do grão.
    O suspeito apresentou informações desencontradas sobre a carga transportada e disse que o milho, embarcado em Nova Mutum seria descarregado em Cuiabá. Contudo, a nota fiscal do carregamento de grãos apontava como destino final um armazém no município de Mogi Guaçu (SP).

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS