18 de abril de 2021
Mais
    Capa Bastidores Clima esquenta e saída de Emanuel do MDB é mais que provável
    "SERVENTIA DA CASA"

    Clima esquenta e saída de Emanuel do MDB é mais que provável

    O clima entre o prefeito da capital, Emanuel Pinheiro, e seu partido, o MDB, que há tempos já não vinha bom, a cada dia se torna mais e mais insustentável. Isso porque o gestor tem deixado visível seu descontentamento com a cúpula municipal e estadual do partido, que não o apoiou em seu projeto de reeleição.

    Se por um lado Emanuel tem razão de cobrar o apoio do MDB, por outro lado a cúpula do partido o acusa de infidelidade partidária, não só por não ter apoiado a eleição do governador Mauro Mendes (DEM), mas também por ter lançado seu próprio filho, o agora deputado federal Emanuelzinho, por outra sigla, o PTB.

    Agora, de olho em uma candidatura à governador, e às turras com o cacique Carlos Bezerra e com a deputada Janaina Riva, Emanuel parece partir para o tudo ou nada, aumentando o racha e complicando ainda mais sua permanência na sigla, provavelmente já pensando em usar a falta de clima como justificativa para mudar de sigla e dar vida ao seu projeto político.

    Da parte do MDB, parece que a saída do gestor da capital é tida como certa e até desejado por alguns, como Janaina, presidente do partido em Cuiabá, que vê incompatibilidade entre os projetos de Emanuel e os da própria sigla. Outro fator que pesa contra o prefeito é o famoso caso do paletó, em que ele foi flagrado “embolsando” grandes pacotes de dinheiro, muito provavelmente dinheiro de propina.

    Assim, não será nenhuma surpresa se a qualquer momento se a qualquer momento o prefeito anunciar a sua saída do MDB, pois como a própria Janaina já disse via imprensa: “a porta da rua é serventia da casa”.

    Vamos acompanhar os movimentos desse jogo de xadrez…