18 de abril de 2021
Mais
    Capa Notícias Mato Grosso Escola de Mato Grosso aposta em projeto de mídias digitais
    CIBERCULTURA

    Escola de Mato Grosso aposta em projeto de mídias digitais

    Professores e alunos utilizarão mídias digitais como meios de comunicação, a produção e distribuição de conteúdo principalmente podcast

    Imagem: ESCOLA GUSTAVO Escola de Mato Grosso aposta em projeto de mídias digitais
    Fachada da Escola Estadual Gustavo Kulmann – Foto por: Divulgação

    A Escola Estadual Gustavo Kulmann, em Cuiabá, inicia projeto de Mídias Digitais na Escolas com o Webnário Cibercultura e o Uso das Mídias Digitais Educacionais. O foco do trabalho é desenvolver de maneira interdisciplinar as habilidades elencadas nas Base Nacional Comum Curricular (BNCC) em cada ano exercitando a resolução de problemas e o protagonismo do aluno.

    A coordenadora pedagógica Edineia Elaine Cardoso Santana destaca que nesse momento de pandemia o principal meio de passatempo dos alunos é o uso da internet e das mídias e, por isso, é importante que a escola seja mentora dos alunos em saber como usar esses recursos com reflexão, criticidade e responsabilidade.

    “O tema do Webnário é o pontapé inicial do Projeto que começa agora e daremos continuidade no ano de 2021. Afinal o ano letivo ainda não findou e queremos continuar inovando. Nesse projeto iremos utilizar as mídias digitais como meios de comunicação, a produção e distribuição de conteúdo principalmente podcast (programa de rádio gravado e que o ouvinte pode escutar quando quiser)”, assinala Edinéia.

    A coordenadora acrescenta que o projeto vai trabalhar com produções escritas como os editoriais e classificados que enalteçam o que a comunidade escolar pode oferecer ou melhorar na vida dos estudantes.

    A ideia do projeto surgiu após a coordenadora pedagógica observar as aulas online realizadas com os alunos dos sextos anos. Durante o acompanhamento, Edinéia percebeu o protagonismo dos alunos no uso das mídias digitais e como eles se desenvolveram nas aulas online, que incluem produções de vídeos, áudios, argumentações, criatividade nas resoluções das atividades proposta pelas professoras de algumas disciplinas.

    A primeira transmissão envolvendo alunos, professores e comunidade escolar ocorreu na última quarta-feira (09.12) pelo canal do You tube da escola. “Foi um bate-papo sobre como as mídias digitais podem contribuir com a educação e como tirar o melhor proveito dela com sabedoria”, define a coordenadora.