15 de janeiro de 2021
Mais
    Capa Destaques Irmão de prefeita é preso em Sinop por suspeita de Peculato
    CONTRA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

    Irmão de prefeita é preso em Sinop por suspeita de Peculato

    Em ação integrada com a equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi constatada a subtração de material da concessionária Rota Oeste, sem a devida autorização

    A Polícia Civil de Sinop fez a prisão em flagrante do irmão da prefeita do município, na tarde de terça-feira (02), por suspeita de envolvimento em crime de peculato. Em ação integrada com a equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi constatada a subtração de material da concessionária Rota Oeste, sem a devida autorização.

    A equipe da Polícia Rodoviária Federal foi acionada por volta das 15 horas para verificar a informação de que no km 815, da BR 163, no município de Sinop, estava ocorrendo a subtração de material de propriedade da concessionária. No local, foi constatado que havia uma máquina composta pelo caminhão trator e parte de material fresado de asfalto que já havia sido carregado e transportado.

    Questionado, o motorista do caminhão informou que havia recebido ordens para fazer o transporte do material para a fazenda Selo Verde, propriedade da prefeita da cidade e que já havia feito duas viagens, apresentando um ofício assinado pelo irmão da prefeita.

    O Inspetor de Qualidade da Rota Oeste relatou o seguinte que houve uma denúncia para a Rota do Oeste informando que havia uma pá carregadeira retirando o material (material fresado de asfalto) de propriedade da concessionária eque se deslocou até o local dos fatos para solicitar o documento de autorização para carregamento e transporte do material.

    Foi apresentado um ofício, porém o referido documento não era de conhecimento do setor responsável pela liberação; que recebeu a orientação do chefe imediato para registrar boletim de ocorrência junto à Delegacia de Sinop.

    Diante dos fatos, o irmão da prefeita foi conduzido a Delegacia de Sinop e após ser interrogado pelo delegado Pablo Bonifácio Carneiro, foi autuado em flagrante pelo crime de Peculato.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS