23 de abril de 2021
Mais
    Capa Notícias Mato Grosso Leilões de bens provenientes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro...
    BALANÇO

    Leilões de bens provenientes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro somam quase R$ 8 milhões

    Os dados correspondem ao período de janeiro a dezembro deste ano; parte do recurso arrecadado deve retornar aos cofres do Estado

    Imagem: gado Leilões de bens provenientes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro somam quase R$ 8 milhões
    Reprodução

    Neste ano, quase R$ 8 milhões foram arrecadados com a realização de 12 leilões de bens provenientes do tráfico de drogas e lavagem e dinheiro. O montante de edições e valores é o maior dos últimos seis anos. No período de janeiro a dezembro foram leiloados veículos, gado, imóveis e implementos agrícolas.

    Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Adjunta de Justiça (Saju), que é quem coordena as ações que resultam em leilões de bens. Ao todo, 143 veículos foram leiloados. Em sua maioria, são veículos utilizados no tráfico de drogas.

    A secretária da Saju, Lenice Silva, explicou que todos os bens dispostos para arremate por meio do leilão atendem a decisão judicial. “É notório o aumento de edições que realizamos este ano. Este trabalho tem a ver com a política de governo do Estado e do secretário de Segurança Pública. A nossa meta é ampliar ainda mais a realização de leilões”, enfatizou.

    Somente com os bens provenientes do tráfico de drogas foram arrecadados R$ 3.442.180,00 milhões. Já em relação aos bens do crime organizado foram R$ 4.335.550,00 milhões. Boa parte dos bens é denominado com perdimento para a União, que são de ações judiciais já transitado em julgado (encerrado).

    Imagem: df4f0e3f cf18 f3a1 8236 26fa7acdf3dd?t=1609169637398 Leilões de bens provenientes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro somam quase R$ 8 milhões

    A maior arrecadação foi na venda dos veículos, que totalizou pouco mais de R$2,9 milhões, seguido de bovino, que arrecadou mais de R$ 2,7 milhões. Outras valores foram da venda de imóveis, R$ 480 mil e implementos agrícolas, com pouco mais de R$ 359 mil.

    Dos bens leiloados do tráfico de drogas parte dos recursos vai retornar para os cofres do estado para serem revertidos em ações de repressão a estes tipos de crime. “Ainda não nos foi informado qual a porcentagem que iremos receber, mas este recurso deve estar em conta no primeiro semestre de 2021”, enfatizou.

    Disponibilidade

    Atualmente, 475 veículos estão no pátio da Saju e aguardam autorização para leilão. Destes, 80 unidades foram recebidas em 2020. Neste ano, a maior parte dos leilões foram realizados na modalidade virtual devido as medidas de prevenção da Covid-19.

    Todos os bens eram listados com a especificação no site oficial com data de início e fim dos lances. Os interessados podiam agendar as visitas para verificar cada item disponível.