18 de abril de 2021
Mais
    Capa Destaques CEO da Unimed toma posse como conselheiro titular do Corecon-MT
    TRIÊNIO 2021/2022

    CEO da Unimed toma posse como conselheiro titular do Corecon-MT

    Conselheiro Eroaldo de Oliveira, economista e CEO da Unimed Cuiabá, afirma que esta é uma oportunidade de contribuir com a categoria

    Imagem: Corecon MT CEO da Unimed toma posse como conselheiro titular do Corecon-MT
    Reprodução

    O Conselho Regional de Economia no Estado de Mato (Corecon – MT), realizou uma cerimônia virtual na terça – feira (05), que empossou os novos conselheiros que irão atuar no triênio 2021/2022.

    Na ocasião também foi aprovada a reeleição de Evaldo Silva e Fernando Tadeu Borges como presidente e vice, respectivamente.

    A sessão foi conduzida pelo presidente interino Antônio Benedito Maciel Costa. Foram empossados os conselheiros efetivos, Eroaldo de Oliveira, Antonio Leitoleone Araujo Bezerra e Rosbeck da Penha Bucair. Como suplentes, Adão Barbosa Garcia, Jacques Saboia Paes de Barros e Loaci Argemira Cavalcanti.

    Para o conselheiro Eroaldo de Oliveira, economista e CEO (Chief Executive Officer) da Unimed Cuiabá, esta é uma oportunidade de contribuir com a categoria.

    “Muitos economistas atuam hoje em diversos segmentos, setores públicos e privados, exercendo inclusive cargos de gestão ou áreas administrativas. Não podemos perder a nossa base. Todos nós podemos contribuir com o Conselho de Economia de forma efetiva e não apenas simbólica”, disse Eroaldo.

    O presidente Evaldo Silva, apresentou durante a sessão o relatório de gestão de 2020, que trouxe informações sobre o desempenho orçamentário e ações do Corecon-MT, como participação e apoio em eventos presenciais ou virtuais, divulgação de artigos em mídias regionais e outras medidas tomadas para prevenção à Covid 19.

    “Foi uma grande responsabilidade representar o Corecon-MT em 2020, em meio a uma pandemia, num período de dificuldade econômica e social. Tivemos muitas limitações, mas esperamos que 2021 seja um ano melhor. Continuaremos trabalhando e fazendo a nossa parte para a recuperação da nossa economia”, disse o presidente Evaldo Silva.

    O vice-presidente Fernando Tadeu finalizou dizendo sobre as perspectivas para os próximos meses: “Um grupo unido e forte. É assim que devemos permanecer. Eu fiz economia porque queria mudar o Brasil e essa vontade continua”, destacou.