13 de março de 2021
Mais
    Capa Notícias Política Coordenador do Rede Cidadã pede apoio à Câmara de Vereadores
    RONDONÓPOLIS

    Coordenador do Rede Cidadã pede apoio à Câmara de Vereadores

    A Câmara de Vereadores, em muitas oportunidades, tem atuado como um elo entre a comunidade e o Poder Executivo

    Imagem: Presidente da camara Roni Magnani Coordenador do Rede Cidadã pede apoio à Câmara de Vereadores
    Reprodução

    O coordenador do projeto Rede Cidadã em Rondonópolis, o sargento da Polícia Militar de Mato Grosso,   Reinaldo  Carlos de Prociuncula esteve reunido nesta quinta-feira (14) com o presidente da Câmara de Vereadores, Roni Magnani (SD) para tratar da continuidade do projeto no município.

    A Câmara de Vereadores, em muitas oportunidades, tem atuado como um elo entre a comunidade e o Poder Executivo. O Poder Legislativo tem contribuído, em muitos casos , para resolver e absorver demandas da população junto à Prefeitura.

    O sargento explicou ao presidente da Câmara que é preciso que a prefeitura aprove um novo termo de cooperação técnica com o Estado para que o projeto passe a funcionar com toda a estrutura programada para atender a demanda de Rondonópolis.

    O presidente do Legislativo explicou que vai repassar ao prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) a situação para que o termo seja assinado e o projeto funcione. Roni Magnani e demais vereadores vão se reunir com Pátio para tentar resolver essa situação .

    Prociuncula explicou que o Rede Cidadã tem como foco principal atender adolescentes e pré-adolescentes em situação de vulnerabilidade social.  A adolescente e família, além de receber apoio de um policial, ainda tem também o acompanhamento de um pedagogo e uma assistente social. “Fazemos um trabalho de conscientização e em alguns casos  conseguimos inclusive incluir esses adolescentes no mercado de trabalho”, explicou o sargento da PM.

    Por outro lado, ele disse que as crianças e adolescentes com problemas, muitas vezes são identificados nas escolas e acabam sendo encaminhados ao projeto.

    Ele ainda disse que o projeto oferece atividades esportivas, culturais e de cidadania para esses adolescentes. “Muitos deles aprendem a disciplina e os valores militares”, destacou.

    O sargento disse que saiu da reunião com o presidente da Câmara satisfeito. “Fui muito importante, ele demonstrou que conhece o nosso projeto”, disse.