19 de abril de 2021
Mais
    Capa Destaques Gasoduto explode entre Cáceres e Livramento
    BR 070

    Gasoduto explode entre Cáceres e Livramento

    A explosão no gasoduto aconteceu por volta de 9h40 e ainda há risco de novas explosões

    Imagem: Sem titulo 2 Gasoduto explode entre Cáceres e Livramento
    O momento da explosão foi filmado por populares – Foto: Reprodução

    Uma parte do gasoduto que traz gás da Bolívia para Mato Grosso explodiu na manhã de hoje (30), próximo da cidade de Nossa Senhora do Livramento, o que deixou as autoridades apreensivas com a possibilidade de que novas explosões ocorram.

    Ainda não há informações sobre as causas da explosão ou sobre possíveis feridos, mas o gás espalhado nas proximidades da BR-070 fez com que autoridades emitissem um alerta para que a rodovia seja evitada e que deverá ser fechada.

    As explosões teriam acontecido por volta de 9h40 e não há mais informações sobre possíveis causas ou a extensão dos danos, mas a recomendação é para que as pessoas evitem trafegar pelo trecho da BR-070 entre Livramento e Cáceres, pois há riscos de novas explosões.

    A explosão levantou uma espessa nuvem de fumaça e poeira que pôde ser vista de longe.

    Veja abaixo um vídeo gravado por populares que mostra o momento da explosão.

    ATUALIZAÇÃO 16:53

    Com o vazamento do gasoduto da Âmbar Energia, no município de Nossa Senhora do Livramento,veio atingir uma casa e duas mulheres acabaram feridas por detritos de pedras arremessados no rompimento. O acidente ocorreu neste sábado (30), pela manhã.

    De acordo com o Corpo de Bombeiros e o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), as duas foram socorridas com ferimentos pelo corpo e encaminhadas para atendimento médico.

    Além da casa, várias pedras voaram com o deslocamento de ar no momento do vazamento.

    O Corpo de Bombeiros realizou o isolamento de todo o local, inclusive paralisando por um tempo o tráfego na BR-070. Foi feita também uma varredura em toda a região, para constatar que não haviam outras vítimas.

    “O governo de Mato Grosso já está adotando todas as medidas cabíveis para apuração do caso”.