16 de abril de 2021
Mais
    Capa Notícias Mato Grosso MPE reúne gestores para debater práticas administrativas e de vacinação
    COVID-19

    MPE reúne gestores para debater práticas administrativas e de vacinação

    O encontro ocorrerá no próximo dia 5, às 9h, por meio da plataforma teams

    O Ministério Público do Estado de Mato Grosso promoverá reunião virtual com gestores estadual e municipais e do Sistema Único de Saúde (SUS) para discutir medidas administrativas no processo de vacinação contra a Covid-19 e ações preventivas no enfrentamento à pandemia do Novo Coronavírus. O encontro, organizado pela Procuradoria-Geral de Justiça e Procuradoria Especializada da Cidadania e do Consumidor, ocorrerá no próximo dia 5, às 9h, por meio da plataforma teams.

    A pauta de discussões inclui assuntos relacionados a mudanças de paradigmas referentes à prestação do serviço médico-hospitalar na Administração Pública; medidas administrativas no processo de vacinação, inovações nas rotinas de regulação e atendimento ao cidadão, autocomposição sanitária, telemedicina, entre outras iniciativas.

    No ofício convite encaminhado aos prefeitos de todo o estado, o procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, e o procurador de Justiça Edmilson da Costa Pereira, titular da Procuradoria Especializada da Cidadania e do Consumidor, destacam que em razão da ausência de medicamentos específicos e das dificuldades de imunização em larga escala a curto prazo, a comunidade científica tem apontado que o vírus Sars-CoV-2, causador da COVID-19, circulará por um longo tempo.

    Alertam ainda sobre a necessidade de os gestores públicos, em todas as esferas, implementarem ações que, somadas àquelas sinalizadas pelos organismos internacionais, nacionais e estadual, contribuam para a minoração de danos à saúde da população.

    Imagem: 09 Fachada PGJ MPE reúne gestores para debater práticas administrativas e de vacinação
    A pauta de discussões inclui assuntos relacionados a mudanças de paradigmas referentes à prestação do serviço médico-hospitalar na Administração Pública – Foto: Divulgação