15 de fevereiro de 2021
Mais
    Capa Entretenimento Bailarina e produtora de Rondonópolis é homenageada como mestre da cultura
    HOMENAGEM

    Bailarina e produtora de Rondonópolis é homenageada como mestre da cultura

    Imagem: Sarah Jane Bailarina e produtora de Rondonópolis é homenageada como mestre da cultura
    Sarah Jane Ereio Venâncio- Foto: Divulgação

    Neste ano em que completa 40 anos de carreira profissional, Sarah Jane Ereio Venâncio colhe os frutos de uma trajetória sólida, marcada pela entrega total à dança e laureada de muitas conquistas, tanto na formação de bailarinos, quanto na produção de espetáculos de dança e teatro.

    A artista e produtora residente em Rondonópolis (MT) será homenageada pelo projeto “Sarah Jane Venâncio – uma referência na história da dança em Mato Grosso”, que foi contemplado no edital Conexão Mestres da Cultura promovido pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) com recursos da Leia Aldir Blanc. Os eventos artísticos do projeto, que está em fase de produção, serão realizados entre fevereiro e abril deste ano.

    De notabilidade na cena cultural local e estadual, Sarah Jane é bailarina, coreógrafa e professora. Na programação da homenagem constam o lançamento de um filme documentário de curta-metragem, a exibição de três peças de videodança, uma exposição fotográfica e apresentações artísticas e performances com atores e bailarinos, que vão contar a história de 40 anos de sua carreira.

    Além disso, como ação social do projeto, a homenageada vai contemplar estudante de 8 a 13 anos com 50 bolsas de estudos para o curso de ballet clássico. Os beneficiados são alunos da escola estadual Professora Edith Pereira Barbosa, que leva o nome de sua mãe, falecida em 2009.

    Segundo Sarah, a ação social depende ainda do retorno dos alunos às aulas presenciais e da avaliação das normas e condições para a realização dessas aulas no espaço da escola.

    “Assim que for possível iremos divulgar. Eu mesma estarei ministrando essas aulas oferecendo a oportunidade para as crianças participarem do espetáculo Além do Arco Iris, caso elas queiram e os pais dêem apoio”, explica a professora.

    Consciente de sua referência para quem quer fazer da dança uma profissão ou simplesmente uma expressão da vida, a artista relembra com orgulho da bem-sucedida carreira de mais de quatro décadas, iniciada em 1977, quando ainda tinha oito anos de idade.

    “Ao receber essa homenagem o primeiro sentimento é de gratidão, pois ao rever as memórias registradas através de imagens, matérias jornalísticas, fitas de VHS, DVDs e outros, vejo o quanto Deus me sustentou durante toda minha trajetória e desafios propiciando oportunidades para minha capacitação”, conta Sarah.

    A iniciativa de fazer a homenagem partiu da bailarina e professora Priscila Hungaro. Além de ser proponente do projeto, ela é uma das inúmeras alunas, formadas em dança sob a instrução disciplinar da mestre Sarah Jane ao longo destas últimas décadas.

    “Considerando o quanto temos de carência de registros históricos sobre a arte e a cultura em especial do setor da dança e vendo a oportunidade de homenagear a professora Sarah Jane Venâncio por tantos anos dedicados ao ensino e a formação de vários artistas, incluindo eu, decidi optar por elaborar este projeto. Estou feliz com essa oportunidade e espero que ela também”, diz Priscila, que começou a estudar dança aos 9 anos de idade com a professora Sarah Jane, por meio do projeto Arte Cidadã e hoje é proprietária de uma escola de dança em Alto Garças.

    Com a experiência de quem já levou a magia de seus movimentos a palcos brasileiros, Sarah Jane Venâncio fala da dança como janela para a reflexão e uma maior valorização das riquezas humanas e profissionais.

    “Fico feliz em ver que os arquivos poderão deixar um registro histórico de uma parte do que foi realizado em Rondonópolis, no legado artístico e cultural entre 1977 a 2020”, relembra a mestra da cultura.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS