22 de fevereiro de 2021
Mais
    Capa Destaques Botelho cita “missão cumprida” e convocará nova eleição
    RECONDUÇÃO BARRADA

    Botelho cita “missão cumprida” e convocará nova eleição

    Ministro Alexandre Moraes, do STF, suspende eleição que reconduziu democrata à presidência

    Imagem: Eduardo Botelho
    Deputado Eduardo Botelho – Foto: divulgação/assessoria

    O deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) afirmou estar muito tranquilo diante da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que barrou sua recondução à presidência da Assembleia Legislativa.

    Ele afirmou que, conforme determinação do ministro Alexandre Moraes, convocará nova eleição para a Mesa Diretora da Casa.

    “Saiu agora uma decisão do STF, suspendendo a eleição da Mesa para o biênio 2021/2022. Esta questão já tinha sido discutida e julgada no Supremo há um tempo e permitia a Assembleia fazer alterações na Constituição do Estado”, disse.

    “No entanto, agora o Supremo mudou o entendimento. Isso é normal e cabe a nós cumprir. Para mim, não há problema nenhum, estou muito tranquilo. Vou convocar nova eleição”, emendou.

    As declarações foram dadas nesta tarde, em um vídeo divulgado por Botelho, por meio de suas redes sociais.

    Ele afirmou ainda ter cumprido sua missão à frente da presidência. O democrata estava no comando da Casa pela 3ª vez consecutiva.

    “Fiz minha missão como presidente. Estou muito tranquilo e muito sereno. Tenho certeza que muitas mudanças aconteceram para melhor. Agora, é continuar. A vida é assim. Vou continuar sendo o deputado Eduardo Botelho, a mesma pessoa batalhadora, lutando por Mato Grosso com muita alegria e muita felicidade”, concluiu.

    Decisão

    A decisão do ministro Alexandre Moraes foi proferida nesta segunda-feira (22) e atende a um pedido do partido Rede Sustentabilidade (Rede).

    Para a sigla, o trecho da Constituição Estadual que permite reeleições sucessivas é inconstitucional.

    O ministro ainda determinou a realização imediata de uma nova eleição para a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, para o biênio 2021/2022.

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS