13 de maio de 2021
Mais
    Capa Notícias Política Bolsonaro diz esperar que as políticas de lockdown sejam extintas
    ECONOMIA

    Bolsonaro diz esperar que as políticas de lockdown sejam extintas

    Em sua live semanal, o presidente afirmou que o "governo federal manteve viva a economia ano passado

    Imagem: naom 605d9a8121c38 Bolsonaro diz esperar que as políticas de lockdown sejam extintas
    Bolsonaro – Foto: Reprodução

    Contrário às medidas de fechamento para conter disseminação do novo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta quinta-feira, 25, que espera que as políticas de lockdown sejam “atenuadas ou extintas” daqui a três meses. O prazo foi indicado após o presidente comentar a decisão do Ministério da Economia de adiar o recolhimento de tributos para empresas do Simples Nacional nos meses de abril, maio e junho.

    Em sua live semanal, o presidente afirmou que o “governo federal manteve viva a economia ano passado”. Ele destacou medidas para a manutenção do emprego, como o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) e o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm), que terão novas fases.

    “O bem, que é o benefício emergencial e permite acordos entre patrões e empregados, está na iminência de sair, ser publicado”, comentou. “Vai atingir diretamente 11 milhões de pessoas que poderão fazer acordos com seus patrões fazendo com que seus empregos sejam mantidos”, disse o presidente.

    Bolsonaro ressaltou que o Pronampe, que é um programa de crédito para pequenas empresas, ajudará em especial donos de negócios afetados por medidas de fechamento. “Vai ajudar diretamente grande parte daquele pessoal que trabalha em restaurantes e hotéis, que com essas políticas de fica em casa tirou-lhes o emprego (sic)”, afirmou.

    O presidente também reiterou que, uma vez aprovado o Orçamento de 2021, o governo antecipará o pagamento do 13º salário para beneficiários do INSS. O texto-base da Lei de Orçamentária Anual 2021 foi aprovado nesta noite pelos deputados, que agora analisam os destaques à proposta. “Caso seja votado hoje, nos próximos dias vamos antecipar o pagamento do 13º salário, a primeira parcela, dos aposentados e pensionistas do INSS”, informou o presidente.