Mais
    AgoraMT Editoriais Agora Mulher Na fila da COVID com bilhete de partida | Agora Mulher
    ARTIGO

    Na fila da COVID com bilhete de partida | Agora Mulher

    Advogada, palestrante e com formação em Coaching com Psicodrama, Treinamento Comportamental, Constelação Familiar e às sextas-feiras escreve para coluna Agora Mulher

    Imagem: SirleiPlanos, projetos e pandemia, os 3 P’s de 2020. O início de qualquer ano vem cheio de expectativas, planos e projetos. Não foi diferente em 2020, porém não contávamos com uma pandemia, que nos tiraria do prumo e do rumo, lockdown, isolamento social, máscara, álcool em gel e o medo. Nos ajustamos, afinal somos seres humanos, mas aquilo que era para acabar em 40 dias, já se estendeu por um ano e sem expectativas de quando vai acabar.

    Nunca em toda a história se viu falar em tanta morte por uma doença, é assustador nos últimos dias até olhar as mídias sociais, pois o que mais se vê são postagens de LUTO pela perda de entes queridos ou pessoas próximas da gente. A doença inicialmente conhecida por doença de “rico” se mostrou ser bem democrática e já não se tem um grupo de risco específico, tem matado pessoas de qualquer idade, saudáveis ou não.

    Mas ainda temos muitas pessoas que agem como se a doença não estivesse aí, como se o sistema de saúde do Brasil não tivesse colapsado ou como se fossem inatingíveis e esse comportamento tem colaborado para o caos que presenciamos.

    A vida é o maior bem que qualquer ser humano recebe em toda a sua existência. Qualquer coisa que tenha ou pretenda conquistar depende dela, por isso precisa ser tratada com honra e respeito. Enquanto o ser humano não compreender essa lição tão básica, a humanidade sofrerá as consequências.

    Vivemos um momento difícil, que poderia ser usado para evolução da consciência humana. Vejo muitos movimentos nesse sentido surgindo em todo o mundo, mas ainda é infinitamente menor do que das pessoas que continuam presas em um mundo egoísta e individualista, onde o prazer pessoal está acima de tudo e de todos.
    Mesmo diante de tantas mortes anunciadas diariamente, mesmo diante do colapso na saúde pública, muitas pessoas só se preocupam de fato com a questão quando afeta algum familiar ou pessoa muito próxima.

    Eu sei, é frustrante ter prejuízos financeiros, interromper planos e projetos, afinal passei por isso também e estou precisando me reinventar para esse novo momento, da mesma forma que muitas outras pessoas, mas não vou fazer isso a qualquer custo, pois a minha vida é preciosa demais, assim como a sua também é.

    Agora, mais do que nunca é hora de praticarmos a empatia, nos colocarmos no lugar do outro e cuidar do nosso bem maior, que é a nossa vida. Temos que cobrar do poder público para que faça a parte dele, mas também temos que fazer a nossa.

    Quanto tempo mais isso vai durar, não sabemos, então vamos fazer nossa parte neste processo evolutivo. Tantas mortes não podem ser em vão. Aqueles que ficarem tem a responsabilidade de tornar este, um mundo melhor. Precisamos valorizar a vida e abrir mão do individualismo que ainda faz parte entre muitos de nós.

    pandemia-covid-morte-coronavírus
    Foto: Reprodução

    Se não fizermos isso, tudo terá sido em vão. Abrir mão agora para ter ali na frente. A pandemia serviu para nos mostrar que a saída não está no dinheiro que se ganha ou que se tem. Morreram ricos e pobres. Letrados e analfabetos. Ateus e religiosos. Nada segurou, não existiu um único elemento que colocasse esse ou aquele em vantagem.

    Neste ano entendemos que sim, somos iguais. Finitas vidas singrando os mares da existência numa embarcação frágil e susceptível às menores intempéries.

    Deixemos todo o orgulho de lado e sigamos irmanados e cientes de nossa finitude. Tudo pode acabar em pouco tempo, tempo que não temos. Um pequeno mal estar que evolui para uma dificuldade absurda para respirar e depois a internação, intubação e quiçá a morte solitária. Nenhum adeus, nenhuma despedida, apenas um rosto que será guardado na memoria, uma história deixando de ser escrita, um gosto amargo de impotência e tristeza a nos acompanhar.

    Que o bom Deus nos livre de todo o mal, assim como pedimos na oração do Pai Nosso e que tenhamos tempo. Tempo para a vacina. Tempo para a vida que neste momento simplesmente escorre por entre nossos dedos sem ao menos nos dar uma opção de escolha.

    Enquanto a vacina não chegar estamos todos na fila com o bilhete de partida guardado na carteira. Só temos mesmo a opção de evoluirmos enquanto seres humanos e torcer que Deus nos livre mesmo de tudo que está acontecendo por ai.

    Importantes

    PERRENGUE

    Simaria faz show de óculos escuros após levar picada de abelha no olho

    Simaria, da dupla com Simone, passou um perrengue neste sábado (16). A cantora contou que levou duas picadas de abelha nos olhos. Com show...
    NÃO SABE O MOTIVO

    Virginia Fonseca é banida do TikTok e lamenta: ‘Maior do Brasil’

    Virginia Fonseca teve a conta do TikTok banida. A influenciadora disse não ter entendido o motivo do bloqueio e lamentou. "Eu nunca postei nada lá,...
    ATUALIZAÇÃO

    Em MT, taxa de ocupação dos leitos de UTI Covid-19 está em 28,3%

    A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (17.10), 543.072 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados...
    IMEA

    Agricultores pisam no freio e vendas antecipadas da safra de soja perdem ritmo

    As vendas antecipadas de soja perderam ritmo no último mês em Mato Grosso. É o que revela o novo levantamento da comercialização divulgado esta...
    SAÚDE

    Cronograma de vacinação inclui segundas doses de Astrazeneca, Pfizer e Coronavac

    A Secretaria Municipal de Saúde divulgou neste domingo (17/10) o cronograma de vacinação contra a COVID-19 dessa semana. Amanhã (18) está programada a segunda...
    ALTERNATIVAS

    Direito à saúde mental será tema de Roda de Conversa nesta segunda (18)

    Promotores de Justiça que atuam em Mato Grosso, na defesa da criança e do adolescente e da cidadania, participam nesta segunda-feira (18), às 9h,...
    TRAMITAÇÃO

    Mesa Diretora define calendário do PLOA de 2022

    A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), por intermédio da Mesa Diretora, definiu o calendário para a tramitação do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA...
    AGRICULTURA

    Falta de insumos para a safra já preocupa autoridades nacionais

    O risco da falta de insumos para o plantio da safra 2021/2022 é real e pode comprometer os resultados do agronegócio brasileiro no próximo...
    RELATORA NA CÂMARA

    Rosa Neide defende aprovação de projeto contra incêndios florestais; votação será na terça

    A Câmara dos Deputados deve votar na próxima terça feira (19) o Projeto de Lei 11276/18, que institui a Política Nacional de Manejo Integrado...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    Nova cidade do Mato-Grosso oferece oportunidade de empreendimentos e investimentos

    O Mato Grosso é o pilar do agronegócio no Brasil e tem este setor como responsável por 50% do Produto Interno Bruto (PIB) da...
    AMOR E SOLIDARIEDADE

    Projeto ‘Jardim de Deus’ atende crianças carentes e se mantém através de doações

    Um lugar para as crianças se alimentarem, conversarem e se sentirem acolhidas. Assim é conhecido pela vizinhança o salão em que funciona o ‘Projeto...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    No coração de Mato Grosso, Santiago do Norte é cenário de investimentos e desenvolvimento

    Em meio a uma das maiores crises sanitárias e econômicas de sua história, o Brasil procura alternativas para seguir crescendo economicamente. Na região central...
    FUTURO PROMISSOR

    Distrito planejado atrai empreendedores para interior do Mato Grosso

    O impacto do Mato Grosso na economia brasileira já não é novidade e cada vez mais o estado se torna parte fundamental no PIB...

    Editoriais