20 de abril de 2021
Mais
    Capa Notícias Mundo YouTube volta a suspender canal de advogado de Trump
    PELA SEGUNDA VEZ

    YouTube volta a suspender canal de advogado de Trump

    Rudy Giuliani foi suspenso pela segunda vez em dois meses por espalhar boatos sobre uma suposta fraude na eleição de 2020

    O YouTube anunciou nesta segunda-feira (1º) que voltou a suspender a conta do ex-prefeito de Nova York e advogado pessoal do ex-presidente Donald Trump, Rudy Giuliani. Foi a segunda suspensão que o republicano sofreu por mentir em vídeos que a eleição presidencial de 2020, que terminou com a vitória de Joe Biden, foi fraudada.

    Giuliani, que tentou com dezenas de ações mudar o resultado eleitora, sem sucesso, não poderá subir novos vídeos pelo prazo de duas semanas. Segundo a plataforma, o fato de o ex-prefeito também promover o consumo de nicotina é um dos motivos da suspensão.

    “Nós removemos o conteúdo do canal de Rudy W. Giuliani por violar nossa política de venda de produtos regulamentados, que proíbe conteúdo que promova o uso de nicotina, e nossa política de integridade eleitoral”, disse o YouTube em um comunicado. Essa suspensão também impede transmissões ao vivo.

    O sistena do YouTube impede que o usuário suba vídeos por duas semanas se ele violar as regras de conteúdo durante um período de 90 dias após a suspensão. Se, nesse período, ele voltar a receber uma punição, o canal será derrubado de forma permanente.

    O ex-prefeito foi inicialmente suspeito em janeiro por espalhar informações falsas sobre a eleição de 2020 e recebeu, como punição, a suspensão dos pagamentos dos anúncios que são exibidos em seus vídeos. Ele acusou a plataforma de preconceito contra conservadores.

    Imagem: 21 YouTube volta a suspender canal de advogado de Trump
    Giuliani pode ser banido da plataforma se sofrer uma nova suspensão – FOTO – Instagram