05 de abril de 2021
Mais
    Capa Destaques Investigação sobre morte de engenheiro estão avançadas
    EM JUSCIMEIRA

    Investigação sobre morte de engenheiro estão avançadas

    “Foi uma situação que saiu de controle e a vítima acabou sendo alvejada futilmente" disse o delegado

    Imagem: investigacoes Juscimeira Investigação sobre morte de engenheiro estão avançadas
    Polícia Civil durante investigação- Foto: PJC

    A Polícia Civil investiga o homicídio ocorrido no sábado (03), no município de Juscimeira, que vitimou o engenheiro Edllin da Silva Mascarenhas Sales, 35 anos, durante uma briga generalizada em uma propriedade rural no lago do rio São Lourenço. A vítima, bastante conhecida e conceituada na cidade, foi assassinada com três disparos de arma de fogo e morreu a caminho do hospital.

    O fato ocorreu em um rancho que dá acesso ao lago onde há várias propriedades. No dia do crime, havia muitas pessoas estavam no local, em desacordo com medidas sanitárias decretadas do município, e em determinado momento ocorreu uma colisão entre duas embarcações, um jet ski e um barco, ocasionando uma discussão entre as partes envolvidas.

    Quando retornaram para a margem do rio, houve uma briga envolvendo várias pessoas, ocorrendo vias de fato, lesão corporal e disparos de arma de fogo. A vítima, que estava no local como convidado, foi tentar apartar a briga e acabou atingida por três disparos, sendo dois na cabeça e um no tórax. O engenheiro foi socorrido, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do Hospital de Rondonópolis.

    Imagem: engenheiro Investigação sobre morte de engenheiro estão avançadas
    Engenheiro tentava separar uma briga – Foto: Redes Sociais

    Assim que foi acionada sobre os fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as investigações, coordenadas pelo delegado Ricardo Franco, e apurou informações sobre a arma utilizada no crime, que em princípio, seria uma pistola e também realizou a oitiva de diversas pessoas, entre elas possíveis suspeitos, testemunhas e parentes da vítima que estavam no local.

    Segundo o delegado, Ricardo Franco, as investigações estão em estágio avançado, faltando alguns detalhes para esclarecimento do crime. “Foi uma situação que saiu de controle e a vítima acabou sendo alvejada futilmente. As investigações seguem de forma bastante de robusta e dentro de poucos dias todos os fatos serão esclarecidos”, disse o delegado.