11 de maio de 2021
Mais
    Capa Destaques Agora Agro| Abate de fêmeas cai 26,61% em MT
    ECONOMIA

    Agora Agro| Abate de fêmeas cai 26,61% em MT

    Para o Imea, a atenção se volta para as fêmeas que, além de comandar o ciclo pecuário apresentaram o menor resultado desde o 1º trimestre de 2010

    Imagem: carne2 Agora Agro| Abate de fêmeas cai 26,61% em MT
    No comparativo com janeiro-março do ano passado, as quedas são de 5,1% e 26,61%, respectivamente – Foto: Divulgação/Ministério da Agricultura

    A quantidade de bovinos machos abatidos no 1° trimestre de 2021 foi de 612,14 mil cabeças no Estado de Mato Grosso (MT). Esse é o menor volume dos últimos dois anos. Também foram abatidas 452 mil fêmeas. No comparativo com janeiro-março do ano passado, as quedas são de 5,1% e 26,61%, respectivamente. Os dados são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

    Para o Imea, a atenção se volta para as fêmeas que, além de comandar o ciclo pecuário – fator estrutural determinante para a cadeia da bovinocultura de corte – apresentaram o menor resultado desde o 1º trimestre de 2010, quando foram abatidas 427,84 mil cabeças.

    “Esse resultado demonstra que, se este cenário de retenção mais intensa das fêmeas se perdurar, a tendência no médio prazo é de que a oferta de animais de reposição seja elevada. Já no curto prazo, essa oferta escassa de animais aptos para o abate vem influenciando e ditando o mercado físico do boi gordo”, diz.