18 de abril de 2021
Mais
    Capa Destaques Após 52 dias internado por Covid, Barranco tem alta da UTI
    BATALHA CONTRA O VÍRUS

    Após 52 dias internado por Covid, Barranco tem alta da UTI

    Petista seguirá o tratamento em um leito de enfermaria, ainda em São Paulo

    Imagem: Valdir Barranco
    O deputado Valdir Barranco, que recebeu alta da UTI – Foto: Assessoria

    Após 52 dias internado por complicações decorrentes da Covid-19, o deputado estadual Valdir Barranco (PT) recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na manhã desta quinta-feira (8).

    A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do parlamentar.

    Agora, o petista seguirá o tratamento da Covid-19 em um leito de enfermaria, ainda em São Paulo.

    “Há 7 dias se nutrindo de alimentos pastosos, seu quadro clínico evolui muito bem. Continuará com procedimentos essenciais para sua reabilitação integral, com assistência da fisioterapia e da fonoaudiologia”, diz trecho da nota.

    “São quase dois meses de internação e de muita luta pela vida, de perseverança e de garra de nosso querido companheiro Barranco”, acrescenta o documento.

    Imagem: 244359
    Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso – Foto: Divulgação/ ALMT

    CONTAMINAÇÃO NA AL

    A Assembleia Legislativa acumula números alarmantes de funcionários e parlamentares que já contraíram o novo coronavírus.

    Há, inclusive, o registro de um óbito. O deputado estadual Silvio Fávero (PSL) faleceu no dia 13 de março, nove dias após ter sido hospitalizado com um quadro grave da doença.

    Além de Fávero e Barranco, outros 16 deputados tiveram a doença.

    São eles: Janaina Riva (MDB), Paulo Araújo (PP), Thiago Silva (MDB), Wilson Santos (PSBD), Max Russi (PSB), Valmir Moretto (PRB), Faissal Calil (PV), Allan Kardec (PDT), Elizeu Nascimento (PSL), Dilmar Dal’Bosco (DEM), Nininho (PSD), Carlos Avalone (PSDB), Eduardo Botelho (DEM), Dr. Eugênio,  Dr. Gimenez e Dr João (MDB.

    Há informações também, dando conta de que mais de 140 servidores da Casa testaram positivo para a doença.