02 de agosto de 2021
Mais
    Capa Notícias Política Bolsonaristas vão realizar carreata em Rondonópolis neste sábado
    ATO DEMOCRÁTICO

    Bolsonaristas vão realizar carreata em Rondonópolis neste sábado

    Organizadores dizem que estão atendendo a chamado do presidente Jair Bolsonaro e negam vinculação a partidos políticos; movimento pedirá voto impresso e menos interferência do STF

    Imagem: carreata bolsonaro Bolsonaristas vão realizar carreata em Rondonópolis neste sábado
    Grupo realiza manifestações de apoio a Jair Bolsonaro em Rondonópolis desde 2015 – Foto: Plinio Miranda

    Os apoiadores de Jair Bolsonaro em Rondonópolis vão realizar uma carreata amanhã (01/05), aderindo a uma mobilização nacional convocada pelo próprio presidente. O evento está previsto para começar com uma concentração no Casario, às 15 horas, e deve percorrer as principais ruas da cidade com encerramento na avenida Lions Internacional, em frente ao shopping.

    Em Rondonópolis a mobilização é organizada pelo comunicador Marcelo Marreta e os empresários Hélio Telesforo e Junior Sergi. Eles são do mesmo grupo que desde 2015 promove eventos na cidade em defesa de Jair Bolsonaro.

    Os organizadores informam que os custos para a realização do evento serão bancados com doações dos próprios manifestantes. Eles já comunicaram a realização da carreata às autoridades municipais e frisam que a iniciativa não tem vinculação com legendas partidárias ou pré-candidatos.

    “Não queremos palanque para outros políticos, é um movimento de apoiadores de Bolsonaro. Ele disse que precisava de apoio da população para tomar as medidas que forem necessárias. Estamos atendendo esse chamado”, disse Marcelo Marreta à reportagem do AgoraMT.

    Além de manifestar apoio, a carreata também vai reforçar algumas bandeiras do movimento bolsonarista. “Queremos que o voto seja auditável, com a aprovação do voto impresso e menos interferência do STF”.

    Os organizadores destacam que a manifestação é democrática e não serão admitidos pedidos de intervenção militar ou de fechamento das instituições do Legislativo e Judiciário.

    Outra orientação é para que os manifestantes permaneçam nos veículos, evitem aglomerações e respeitem as normas sanitárias visando a prevenção da Covid-19 – como o uso de máscara e álcool em gel.