08 de abril de 2021
Mais
    Capa Destaques "Cuiabá precisa de distanciamento para reduzir mortes", alerta infectologista
    PANDEMIA

    “Cuiabá precisa de distanciamento para reduzir mortes”, alerta infectologista

    Cuiabá comemora 302 anos neste dia oito de abril

    Imagem: igreja cuiaba foto pedro couto "Cuiabá precisa de distanciamento para reduzir mortes", alerta infectologista
    Cuiabá completa hoje 302 anos – Foto: Pedro Couto/AGORA MT

    É difícil pedir para o cuiabano que deixe de conviver com vizinhos e amigos. Esta é uma das marcas da capital e da ‘cuiabania’. Cuiabá cresceu, mas não perdeu a essência, porém hoje, o distanciamento é uma necessidade.

    Quem faz o alerta é a infectologista dr.ª Márcia Hueb, que é pesquisadora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e que acompanha de perto o avanço do vírus no estado.

    “Se quisermos ter uma diminuição significativa de casos e mortes, precisamos restringir o convívio social”, destacou a infectologista.

    De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, quase 70 mil pessoas se contaminaram ao longo da pandemia em Cuiabá, 2.253 morreram e hoje 272 pessoas estão internadas em leitos de UTI em estado grave, 329 internadas em enfermarias e outras 2.392 estão em isolamento domiciliar com sintomas leves.

    “Caso a cidade continue com medidas brancas os casos vão diminuir com o tempo, mas de uma maneira muito lenta”, alertou a médica reforçando que a data nos traz a reflexão do que o mais importante de uma cidade são as pessoas.