11 de maio de 2021
Mais
    Capa Destaques Ministério da Economia desmente fake news sobre repasses a MT
    R$ 261 MILHÕES PARA COVID

    Ministério da Economia desmente fake news sobre repasses a MT

    Imagem: Mauro carvalho casacivil Ministério da Economia desmente fake news sobre repasses a MT
    O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, lamentou a disseminação de boatos durante a pandemia – Foto: Secom

    O Governo de Mato Grosso divulgou hoje documento oficial encaminhado pelo Ministério da Economia sobre o total de repasses feitos pela União. O dado desmente informações divulgadas em redes sociais dando conta que Mato Grosso teria recebido a quantia de R$ 15 bilhões para o combate à Covid-19. Conforme o documento, o repasse total foi de R$ 5,044 bilhões e, desse valor, apenas R$ 261 milhões eram destinados exclusivamente ao combate da pandemia.

    Nos cerca de cinco bilhões de reais estão incluídos os repasses obrigatórios (previstos na Constituição) e as transferência voluntárias. A Secretaria de Comunicação do Governo destaca que o valor total é ‘três vezes menor que o divulgado em fake news espalhadas pelas redes sociais”.

    O documento (veja nesta página) foi emitido pela Secretaria do Tesouro Nacional a pedido do senador Carlos Fávaro. Nele é possível conferir que as transferências obrigatórias, aquelas previstas na Constituição Federal ou na legislação, o Governo de Mato Grosso recebeu a quantia de R$ 4,695 bilhões.

    Nesse valor estão incluídos os repasses para Educação, pelo Fundeb do Estado (R$1,694 bi), o auxílio do FEX (R$ 420 milhões) e a quantia de R$ 1,4 bilhão para auxiliar os estados com a perda da arrecadação, em decorrência da pandemia, entre outros repasses.

    Em transferências discricionária, o valor recebido foi de R$ 348 milhões, sendo que desse valor R$ 261 milhões foram destinados para as ações em saúde de combate à pandemia.

    “O documento confirma que é necessário parar com as fake News, com as mentiras. Perdemos muito tempo para restabelecer verdades. Cadê os outros 10 ou 15 bilhões que mentiram que nós havíamos recebido?”, indagou o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho.

    “Essa tentativa de depreciar um governo, que tanto tem trabalhado para salvar vidas em um momento de pandemia, é de uma irresponsabilidade imensa”, concluiu.

    A Secretaria do Tesouro Nacional também informou que a população pode consultar este e outros dados sobre repasses para estados e municípios no portal da instituição, que mantém um banco de dados sobre as transferências constitucionais e também sobre as transferências voluntárias.

    Imagem: Transferencia Uniaomt 2020 1 Ministério da Economia desmente fake news sobre repasses a MT