11 de maio de 2021
Mais
    Capa Destaques Entregador atira em motorista de aplicativo, tenta matar a ex-namorada e acaba...
    EXCLUSIVO | CASO SURREAL

    Entregador atira em motorista de aplicativo, tenta matar a ex-namorada e acaba morto em fuga

    Um trabalho minucioso levou os policiais a desvendar a ligação entre duas tentativas de homicídio e uma tentativa de latrocínio que ocorreram em lugares distintos

    Um caso surreal envolvendo morte, ciúmes e descontrole foi desvendado pelos investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Rondonópolis. Um trabalho minucioso levou os policiais a desvendar a ligação entre duas tentativas de homicídio e uma tentativa de latrocínio que ocorreram em lugares distintos, além de um desaparecimento.

    Tudo começou com um registro de desaparecimento feito na ultima sexta-feira (9) pela mãe do envolvido Jonathan de Souza, 21 anos, que teria saído na motocicleta que usa para trabalhar como entregador e não retornado na quinta-feira (8). Ela contou que pela manhã foi informada pelo ex-sogro do filho que Jonathan teria efetuado vários disparos contra a ex-namorada e o atual namorado dela na Vila Olinda 2.

    Imagem: Jonathan de Souza Entregador atira em motorista de aplicativo, tenta matar a ex-namorada e acaba morto em fuga
    Jonathan de Souza – Foto: Arquivo Pessoal

    Ainda durante a confecção do BO do desaparecimento, os policiais foram informados que uma pessoa havia sido vítima de disparos de arma de fogo por volta de 1h30 da madrugada de sexta no bairro Parque Universitário.

    Analisando as imagens do local onde ocorreram os disparos, os policiais descobriram que a vítima estava dirigindo um veículo Uno de cor vermelha e havia parado em frente a um imóvel.

    Na imagem é possível notar que alguns disparos foram efetuados e que o passageiro que estava no banco de trás desce, arranca o motorista, joga ele na calçada ferido e sai no veículo (vídeo).

    O motorista ainda consegue se levantar, andar por alguns metros e depois é socorrido.

    Imagem: 3 Entregador atira em motorista de aplicativo, tenta matar a ex-namorada e acaba morto em fuga
    Vítima em busca de ajuda – Foto: Reprodução

    Um Boletim de Ocorrência foi registrado pela ex-namorada e pelo atual dela que não ficaram feridos na ação, mas que afirmaram que Jonathan chegou ao local por volta das 6h45 da manhã (depois de roubar o carro) ameaçando o casal e efetuando aproximadamente cinco disparos contra os dois.

    Testemunhas disseram que após os disparos ele teria fugido no veículo Uno de cor vermelha, o que inicialmente, ligava os crimes e mostrava Jonathan como suspeito da dupla tentativa de homicídio e da tentativa de latrocínio.

    Os policiais foram até a casa da mãe do Jonathan orientando-a a buscar contato com o filho. Ela relatou que ele fazia uso de medicamentos e que apesar de não estar atendendo o telefone, ele estava fazendo postagens nas redes sociais com frases que mostravam que ele estava cogitando atentar contra a própria vida.

    Ainda em diligências durante o fim de semana e realizando um trabalho integrado com a demais forças de segurança e unidades de Policia Civil, chegou à informação a unidade de Pedra Preta que uma pessoa teria registrado um boletim de desaparecimento do irmão, identificado como Wesley Bruno da Silva, que era motorista de aplicativo em um Uno vermelho e teria saído na quinta-feira (8) e não mais entrado em contato.

    Os policias então conseguiram identificar a vítima da tentativa de latrocínio como sendo Wesley e em posse dos dados do veículo e dados do suspeito comunicaram a PRF.

    LUGAR ERRADO, NA HORA ERRADA

    Imagem: Wesley Bruno Entregador atira em motorista de aplicativo, tenta matar a ex-namorada e acaba morto em fuga
    Wesley Bruno – Foto: Arquivo Pessoal

    Tudo leva a entender que a barbárie ocorrida contra Wesley não tenha sido premeditada contra a pessoa. Na tentativa de localizar a moto do suspeito, os policiais descobriram que ele vendeu o veículo em dinheiro a uma mulher no local próximo onde Wesley havia encerrado uma corrida, por isso, pelo aplicativo ele foi o carro escolhido pela proximidade.

    Wesley continua no hospital Regional de Rondonópolis em estado gravíssimo.

    BUSCA PELO SUSPEITO

    Com os dados, os policiais descobriram que o veículo procurado se envolveu em um acidente no km 5 da BR-386 em Iraí, Rio Grande do Sul, onde o motorista possivelmente teria perdido o controle sozinho. A polícia acredita que o acidente foi provocado de propósito, já que pouco antes, o suspeito havia publicado no status imagens em que jogava o veículo fora da estrada e batendo as margens da pista.

    Imagem: 6 Entregador atira em motorista de aplicativo, tenta matar a ex-namorada e acaba morto em fuga
    Veículo batido – Foto: Reprodução

    No veículo foram encontrados os documentos de Wesley.

    Segundo testemunhas, após o acidente, Jonathan teria recusado receber ajuda e entrado na mata. Uma guarda da brigada militar do município foi acionada e localizou o suspeito vagando pelas margens da via.

    Ao tentar abordar Jonatan, ele teria efetuado disparos contra a guarnição que revidou, atingindo-o.

    Imagem: 8 Entregador atira em motorista de aplicativo, tenta matar a ex-namorada e acaba morto em fuga
    Revolver encontrado com o suspeito – Foto: Reprodução

    Ele foi socorrido, mas veio a óbito momentos depois. Com ele, além do aparelho celular e dos documentos, foi localizado o revólver compatível com o usado nos crimes em Rondonópolis.