Mais
    Agora MT Brasil Fiocruz deve entregar mais 5 milhões de vacinas nesta semana
    COVID-19

    Fiocruz deve entregar mais 5 milhões de vacinas nesta semana

    Cronograma prevê que 100,4 milhões de doses serão produzidas em Bio-Manguinhos até julho com IFA importado

    FONTE
    VIA

    A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) deve entregar nesta semana 5 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca ao Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde. A previsão faz parte de um total de 18,4 milhões de doses até o dia 1º de maio.

    Na semana passada, o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos Bio-Manguinhos liberou 2 milhões de doses da vacina contra covid-19. Nas próximas semanas, serão entregues 4,7 milhões, de 19 a 24 de abril; e 6,7 milhões, de 26 de abril a 1º de maio.

    O cronograma da Fiocruz prevê que 100,4 milhões de doses serão produzidas em Bio-Manguinhos até julho, a partir de IFA (ingrediente farmacêutico ativo) importado da China. Mas a partir de agosto, a Fiocruz também deve começar a produzir de IFA para vacinas contra covid-19.

    Até 2 de abril, 4,1 milhões de doses foram produzidas no Brasil e entregues ao Ministério da Saúde, e mais 4 milhões foram importadas prontas da Índia, onde foram fabricadas pelo Instituto Serum.

    A Fiocruz chegou a prever que liberaria 27 milhões de doses em abril, mas revisou esse cronograma e reduziu a previsão para 18,8 milhões. Segundo nota divulgada pela fundação, “por tratar-se de uma nova tecnologia e da complexidade de implantação da produção da vacina covid-19, foram necessários ajustes no cronograma”.

    A produção da vacina em Bio-Manguinhos ocorre graças a um contrato de encomenda tecnológica assinado no ano passado com os desenvolvedores da vacina: a farmacêutica anglo-sueca AstraZeneca e a Universidade de Oxford, no Reino Unido.

    A Fiocruz prevê entregar 21,5 milhões de doses em maio, 34,2 milhões em junho e 22 milhões em julho. Para produzir essas vacinas, Bio-Manguinhos conta com a chegada de carregamentos de IFA vindos da China. Até o momento, já estão no Brasil insumos suficientes para a produção de 35 milhões de doses, o que cobre a produção até maio.

    No mês de abril, está prevista a importação de mais três remessas do insumo. Já em maio, estão previstas quatro remessas, e o último lote chegará em junho.

    A Fiocruz também trabalha para incorporar a tecnologia de produção do IFA à planta industrial de Bio-Manguinhos e prevê que, no segundo semestre, será possível entregar 110 milhões de doses a partir de ingrediente farmacêutico ativo produzido na própria instituição. Dessa forma, o Programa Nacional de Imunizações deve receber, até o fim do ano, 210,4 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca produzidas no Brasil, além de 12 milhões de doses importadas da Índia.

    Relacionadas

    Agentes públicos e empresários são alvos de operação da PF contra contrabando e tráfico

    A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (17) mandados da Operação Ártemis, que investiga esquema de corrupção na Receita Federal para a facilitação de contrabando...

    Prazo para pedir voto em trânsito encerra hoje

    Termina nesta quinta-feira (18) o prazo para os eleitores que não estiverem no seu domicílio eleitoral no dia da votação, no primeiro turno, em...

    Cerca de 30 animais entre cães e gatos foram encontrados carbonizados

    Pelo menos 30 animais foram encontrados carbonizados em área de mata de Itapecerica da Serra, na região metropolitana de São Paulo, na manhã desta...

    Desmatamento na Amazônia registra recorde e equivale a sete vezes a área da cidade de São Paulo

    O desmatamento da Amazônia voltou a registrar recorde nos últimos 12 meses, de agosto de 2021 a julho de 2022, quando foram derrubados 10.781 km² de...

    Brasil salta de um para mais de 3.000 casos de varíola do macaco em dez semanas

    O Brasil superou nesta terça-feira (16) a marca de 3.000 casos confirmados de varíola do macaco, dez semanas após o primeiro paciente ser diagnosticado com a doença. Com...

    Alta de roubos faz disparar em até 80% vendas de seguros para celular

    Um celular é tirado de seu dono a cada 12 minutos no estado do Rio de Janeiro, segundo o ISP (Instituto de Segurança Pública),...

    Cobertura vacinal despenca nos últimos dez anos, e pólio volta a ameaçar o Brasil

    Nos últimos dez anos, a cobertura vacinal da poliomielite caiu de 96,5% (2012) para 61,3% (2021), um dado que acende o sinal de alerta,...

    IBGE inicia censo em territórios quilombolas

    Pela primeira vez, um censo demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai contabilizar a população quilombola do Brasil. A iniciativa já...

    Fifa antecipa início da Copa do Mundo para 20 de novembro

    A Fifa (Federação Internacional de Futebol) anunciou a antecipação do início da próxima edição da Copa do Mundo para o dia 20 de novembro....

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas