08 de maio de 2021
Mais
    Capa Destaques Jovem de 27 anos morre após realizar cirurgia plástica em Cuiabá
    SOFREU PARADA CARDÍACA

    Jovem de 27 anos morre após realizar cirurgia plástica em Cuiabá

    Ela foi submetida a uma lipoescultura com enxerto de gordura em glúteo, abdominoplastia e correção de cicatriz na mama

    Imagem: cirurgia plastica Jovem de 27 anos morre após realizar cirurgia plástica em Cuiabá
    Cirurgia levou cerca de seis horas – Foto: Ilustrativa

    Uma jovem de 27 anos faleceu na madrugada desta quarta-feira (14), em Cuiabá, após ser submetida a uma cirurgia plástica. Conforme apurou a reportagem, ela sofreu uma parada cardíaca horas após o procedimento.

    Os procedimentos cirúrgicos realizados foram: lipoescultura com enxerto de gordura em glúteo, abdominoplastia e correção de uma cicatriz na mama.

    A cirurgia foi realizada pelo médico Alexandre Veloso, na terça-feira (13).

    O procedimento teve início por volta das 8 horas de ontem e seguir até por volta das 14 horas. Após este horário, ela foi levada ao quarto e apresentou boa recuperação.

    Já no início da noite, a paciente se queixou de falta e recebeu atendimento médico, inclusive, tendo realizado alguns exames. Estes exames não teriam mostrado nenhuma alteração em seu quadro clínico.

    Às 20h, o médico Alexandre Veloso disse ter tido contato com a paciente e ela já não apresentava mais falta de ar, tendo os parâmetros vitais estáveis.

    Por volta da meia noite, ela apresentou uma instabilidade em seu quadro e teve uma parada cardíaca.

    Outro lado

    Por meio de nota, a assessoria jurídica do cirurgião plástico Alexandre Veloso informou que realizou com rigor todos os procedimentos pré-operatórios para que a cirurgia plástica pudesse ser realizada com segurança.

    “Em pré-consulta com médicos anestesista e cardiologista, a paciente realizou todos os exames necessários e os mesmos não apresentaram nenhuma anormalidade. Portanto, a paciente estava apta ao procedimento e, assim, foi liberada para realizá-lo”, cita trecho do documento.

    Segundo o profissional, no momento em que a jovem teve uma parada cardíaca foi imediatamente atendida pela equipe médica.

    “Quando da necessidade de transferência para uma Unidade Intensiva de Saúde (UTI), a jovem recebeu atenção imediata e o médico se prontificou a encaminhá-la ao Hospital Santa Rosa. Lamentavelmente, veio a óbito na data de hoje”.

    Ainda na nota, o médico afirmou que disponibilizou assistentes sociais e psicólogas para prestarem atendimento aos familiares da jovem.

    “O médico está a inteira disposição dos familiares da jovem e dos órgãos competentes para prestar qualquer esclarecimento. Por fim, o médico Alexandre Veloso externa seu mais profundo sentimento de pesar”, conclui a nota assinada pelo advogado Rony de Abreu Munhoz.