Agora MT Manchetes Mendes critica Anvisa por não liberar vacina contra Covid-19: “ridículo”
SPUTNIK V

Mendes critica Anvisa por não liberar vacina contra Covid-19: “ridículo”

Governador se mostrou bastante contrariado com a condução do órgão regulador

Por Camila Ribeiro

Imagem: governador mauro mendes Mendes critica Anvisa por não liberar vacina contra Covid-19: “ridículo”
O governador Mauro Mendes, que criticou a Anvisa – Foto: Divulgação/Secom

O governador Mauro Mendes (DEM) se mostrou bastante contrariado com o fato de a Anvisa ainda não ter dado o aval para o uso emergencial no Brasil da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19.

Há poucos dias, o democrata assinou um contrato para a compra de 1,2 milhão de doses do imunizante, por meio do consórcio dos governadores da Amazônia.

“Técnicos que trabalham com a Anvisa dizem que sentem uma má vontade de não querer liberar a vacina porque foi uma compra feita por governadores. É ridículo, um absurdo”, criticou Mendes, em entrevista à uma rádio da Capital.

“A Anvisa é um órgão do Governo Federal. A Lei é clara: entrou, teria que liberar com 72 horas e até agora não liberou. Vamos continuar trabalhando. E, se Deus quiser, vamos conseguir botar a vacina no Brasil”, emendou.

O governador, inclusive, recordou uma reunião realizada na última semana entre os governadores que formalizaram a intenção em adquirir os imunizantes e técnicos da Anvisa.

A reunião foi, inclusive, convocada pela própria agencia reguladora, sob o argumento de explicar em detalhes aos gestores as dificuldades que o órgão vem enfrentando para avançar com a autorização para o uso emergencial.

De acordo com a agência, ainda há pendências nas documentações relativas à Sputnik.

A reunião durou pouco mais de quatro horas e, conforme Mendes, houve muita pressão or parte dos governadores para que aja uma rápida liberação das doses.

“Chegou um ponto que perdi a paciência e eu pedi pelo amor de Deus que me dissessem o que precisa, é só dizer que vamos resolver”, recordou.

Mendes ainda voltou a admitir atraso no calendário de chegada dos imunizantes a Mato Grosso, em razão do impasse envolvendo a liberação.

“A previsão inicial quando eu mandei para o fundo Russo – que está nos vendendo diretamente as doses – era para que embarcasse no dia 20 de abril, e outros lotes em maio, junho e julho. A previsão ainda é essa, mas com atraso da Anvisa, muito provavelmente vai atrasar”.

Relacionadas

Presidente do Solidariedade e mais 6 são alvos da PF por suposto desvio de R$ 36 milhões

A Polícia Federal deflagrou uma operação na manhã desta quarta-feira (12) contra o presidente nacional do partido Solidariedade, Eurípedes Júnior, por suspeita de desvio...

Roubos de gado reduzem 82% em MT nos primeiros meses de 2024

Mato Grosso registrou queda de 82% no índice de roubos de gado entre janeiro e maio de 2024, em relação ao mesmo período de...

Novo sistema de gestão de cobrança e arrecadação facilita pagamento de infrações ambientais

A bióloga Camila Silva Borges é uma das primeiras a utilizar o novo Sistema de Gestão de Cobrança e Arrecadação da Secretaria de Estado...

PF vai abrir investigação sobre supostas irregularidades no leilão do arroz

A Polícia Federal vai abrir uma investigação para apurar supostas irregularidades no leilão do governo federal para a compra de de 263 mil toneladas...

Mulheres vítimas de violência doméstica terão prioridade em cirurgia reparadora

As mulheres vítimas de violência doméstica terão prioridade na assistência e no atendimento para cirurgias plásticas reparadoras em casos de sequelas de lesões causadas...

Nota MT tem mais de 660 mil usuários cadastrados; 58 mil já foram contemplados

Em cinco anos, mais de 660 mil cidadãos já se cadastraram no Nota MT, programa do Governo de Mato Grosso que incentiva a cidadania...

Em vídeo, autor de feminicídio em Guiratinga confessa crime e diz que agiu por ciúmes

Matheus Martins de Araújo, 23 anos, preso ontem (17) pela Polícia Civil em Itiquira, confessou que assassinou a ex-companheira Jhulia Glezia Souza Neres, 18...

Governo Federal reajusta em 8,4% remuneração dos profissionais do Mais Médicos

O Ministério da Saúde reajustou em 8,4% a bolsa dos profissionais do Programa Mais Médicos. Com o aumento, atualizado pela última vez em 2019,...

Defensor do serviço público e eficiente, Paulo José volta a criticar privatização

Conhecido como defensor do serviço público e eficiente, o pré-candidato a prefeito de Rondonópolis, Paulo José Correia (PSB) voltou a se manifestar contrário à...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas