08 de abril de 2021
Mais
    Capa Notícias Polícia PC apura denúncia sobre possíveis corpos em área de mata
    VÁRZEA GRANDE

    PC apura denúncia sobre possíveis corpos em área de mata

    Área fica no bairro Princesa do Sol e varredura contou com auxílio de um cão farejador do Corpo de Bombeiros

    Imagem: WhatsApp Image 2021 04 07 at 17 29 36 2 PC apura denúncia sobre possíveis corpos em área de mata
    Equipes realizando buscas – Foto: PJC

    Equipes da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá, com auxílio do Corpo de Bombeiros, realizou buscas nesta quarta-feira (07), em uma área de mata de 30 hectares, em Várzea Grande, para apurar denúncia de que havia corpos enterrados na região.

    As buscas coordenadas pelos delegados Caio Albuquerque e Fausto Freitas contaram com auxílio de um cão farejador dos bombeiros. A área fica localizada no bairro Princesa do Sol, na região do Parque do Lago.

    Imagem: WhatsApp Image 2021 04 07 at 17 29 36 PC apura denúncia sobre possíveis corpos em área de mata
    Equipes realizando buscas – Foto: PJC

    Foram realizadas varreduras e escavações em diversos pontos do terreno, durante toda a manhã, mas localizados apenas restos de vestimentas.

    As buscas desta quarta-feira, na área conhecida como ‘campo da maconha’, dão continuidade a outra diligência realizada no dia 29 de março, quando a DHPP localizou um corpo, do sexo masculino, em um ponto da área que estava com a terra remexida.

    Imagem: WhatsApp Image 2021 04 07 at 17 29 36 1 PC apura denúncia sobre possíveis corpos em área de mata
    Peça de roupa encontrada no local – Foto: PJC

    O corpo trajava apenas uma bermuda e não havia nenhuma identificação.

    A DHPP aguarda resultado da perícia para identificação do corpo encontrado. O Núcleo de Pessoas Desaparecidas da delegacia também está fazendo os levantamentos para verificar se há alguma pessoa desaparecida com as características do corpo localizado.

    Qualquer informação que possa contribuir para a investigação pode ser feita ao 197 da Polícia Civil e o sigilo é resguardado.