23 de junho de 2021
Mais
    Capa Destaques Áudio é real, diz irmão de assessor parlamentar; deputado divulgou nota
    MORREU COM COVID-19

    Áudio é real, diz irmão de assessor parlamentar; deputado divulgou nota

    Em áudio deixado com amigo dias antes de morrer, José Roberto Feltrin fez críticas ao Governo Bolsonaro e ao ex-chefe José Medeiros; o parlamentar divulgou nota negando omissão

    Imagem: medeiros zeroberto Áudio é real, diz irmão de assessor parlamentar; deputado divulgou nota
    O deputado José Medeiros e o assessor José Roberto Feltrin, que morreu vítima de Covid-19Foto: Reprodução

    É autêntico o áudio em que o advogado José Roberto Feltrin acusa o presidente Jair Bolsonaro e o deputado federal José Medeiros de responsabilidade pela falta de vacinas contra a Covid-19. Consultado pela reportagem do portal AgoraMT o economista Valdecir Feltrin, disse não ter dúvidas de que a voz na gravação é do seu irmão – que morreu no último dia 18 em decorrência da doença.

    “Eu não sabia desta gravação, mas com certeza é a voz dele”, disse Valdecir Feltrin, que já ocupou cargos de secretário no município e também no Governo do Estado.

    Valdecir Feltrin tem uma doença pulmonar e desde o ano passado está isolado em uma chácara nas proximidades de Rondonópolis. Neste período saiu duas vezes, a última no mês passado para tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Ele acompanhou de longe a agonia vivida pelo irmão.

    “Nos falamos por telefone rapidamente um pouco antes dele ser internado. Já estava com a saúde muito comprometida e temendo os efeitos desta doença terrível”, disse.

    Imagem: Valdeci Feltrin
    O ex-secretário Valdecir Fetrin lamenta a morte do irmão e o comportamento do Governo Federal – Foto: Arquivo

    Ele disse não ver problema na divulgação do áudio e concorda com as críticas feitas pelo irmão sobre a omissão do governo diante da pandemia. “Sem dúvida faz sentido o que ele disse. Estou acompanhando a CPI da Covid e sabemos que se tudo tivesse feito da forma certa em dezembro já era pra ter vacinas aqui”.

    “O Governo Federal preferiu optar pela tese da ‘imunização de rebanho’.  Um pessoal maluco, doente”, reclama.

    AUTORIZAÇÃO
    O áudio foi enviado ao advogado Carlos Naves, que era amigo de José Roberto há mais de 25 anos. Os dois chegaram a trabalhar juntos no gabinete do então senador José Medeiros, outro conhecido de longa data.

    Carlos Naves nega que a decisão de divulgar o áudio tenha relação com questões políticas. “Apenas atendi ao último desejo de um amigo. Não tinha interesse nenhum em divulgar. Queria é que ele estivesse vivo conosco”.

    O advogado disse que comunicou o filho de José Roberto e foi autorizado a realizar o desejo expresso pelo amigo caso ocorresse o pior.

    “Ele queria que fosse tornada pública sua indignação com a falta de vacina. Ele morreu sem ter o direito de se vacinar, acabou pagando com a própria vida”.

    O ÁUDIO
    O trecho tornado público é impactante. Chorando, José Roberto Feltrin diz estar com medo de ter contraído Covid-19. Fala várias vezes que está muito mal, diz não saber se escaparia e atribui sua condição ao comportamento adotado pelo presidente Jair Bolsonaro diante a pandemia.

    “É como se um filme estivesse passando pela minha cabeça. (…) Esse cara vem sabotando essas vacinas desde o início. Já era para ter vacinas para as pessoas da minha idade, e não tem. (…) Um retardado como esse Bolsonaro faz o que quer com o povo e ninguém faz nada. Parece que tá todo mundo que nem barata tonta”, critica.

    Em outro ponto ele também responsabiliza o deputado federal José Medeiros (Podemos).

    “Esse tal de Medeiros é responsável por tudo isso que está acontecendo com o povo brasileiro, esse maldito Bolsonaro também. Esses caras ficam apoiando esse governo genocida”.

    A gravação foi feita por José Roberto no dia 12 de abril, 36 dias antes dele morrer na UTI do Hospital Municipal em decorrência de complicações causadas pela Covid-19.

    OUTRO LADO
    A assessoria do deputado José Medeiros enviou uma nota em que o parlamentar questiona a autenticidade do áudio e considera desrespeitosa sua divulgação.

    Ele também nega omissão diante da pandemia e reafirma o apoio à política adotada pelo Governo Federal em relação ao enfrentamento da Covid-19. Veja abaixo a íntegra da nota.

    NOTA
    O deputado federal José Medeiros lamenta que o falecimento do seu ex-assessor, José Roberto Feltrin, esteja sendo usado politicamente de forma desrespeitosa e leviana. “A veracidade do áudio é questionada, mas infelizmente o Feltrin não está mais aqui para esclarecer a situação. Nesse momento de dor, esperamos mais empatia e respeito para com a família e amigos”.

    Por fim, o deputado destaca sua atuação no combate à pandemia e aos seus efeitos. Além do seu apoio às medidas que foram implementadas pelo Governo Federal. Entre elas, o auxílio emergencial e o envio de imunizantes e vultosos recursos financeiros para os governos estaduais e municipais.