24 de junho de 2021
Mais
    Capa Destaques Bezerra cita insensibilidade: “Bolsonaro deve ter algum distúrbio”
    CRÍTICAS AO PRESIDENTE

    Bezerra cita insensibilidade: “Bolsonaro deve ter algum distúrbio”

    O deputado federal lembrou que o País recusou a oferta de vacinas

    Deputado Federal Carlos Bezerra - Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
    O deputado federal Carlos Bezerra, que criticou o presidente Jair Bolsonaro – Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

    O deputado federal Carlos Bezerra (MDB) classificou como “insensível” o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), diante do comportamento adotado pelo político em meio à pandemia da Covid-19.

    O emedebista sugeriu, inclusive, que o presidente possa sofrer algum problema psicológico,

    “Temos um presidente da República insensível. A insensibilidade dele é tão grande que eu chego a pensar que ele tem algum problema psicológico, algum distúrbio”, disse o presidente do MDB em Mato Grosso.

    “Um dia perguntaram pra ele sobre o número de mortes e ele respondeu: ‘e daí?’. Como se não importasse. Uma pessoa que não tem sensibilidade é portadora de alguma anomalia, não é possível. Morreram quase meio milhão de brasileiros. Isso é um absurdo”, emendou o deputado.

    As declarações foram dadas em entrevista à uma rádio da Capital.

    Na ocasião, Bezerra ainda atribuiu ao presidente a situação de grave crise sanitária enfrentada no País.

    Isto porque, na avaliação dele, o cenário poderia ter sido diferente, caso Bolsonaro não tivesse adotado posturas negacionistas e recusado oferta de vacinas, por exemplo.

    “Fizeram campanha contra o que a ciência determina para o combate à Covid. A vacina foi ofertada e não aceitaram. Poderíamos estar vacinando desde o fim do ano passado”, afirmou.

    “O nosso problema é de governança, de comando. Poderíamos ter evitado a morte de milhares e milhares de pessoas se o Brasil tivesse feito o que os outros países fizeram”, concluiu o parlamentar.