22 de junho de 2021
Mais
    Capa Destaques Entidades vão realizar protesto contra restrições em Rondonópolis
    HOJE

    Entidades vão realizar protesto contra restrições em Rondonópolis

    Entidades que congregam trabalhadores e empresários do setor de bares e restaurantes também convidaram representantes de outros segmentos atingidos pelas restrições no município

    Imagem: Comerciantes fazendo protesto em frente a prefeitura Entidades vão realizar protesto contra restrições em Rondonópolis
    Entidades já realizaram manifestos anteriormente contra restrições adotadas pela Prefeitura de Rondonópolis – Foto: Varlei Córdova / AGORA M

    Empresários e trabalhadores do setor de bares, restaurantes e outros estabelecimentos que atuam no período noturno vão realizar um manifesto hoje (31), às 15 horas, em frente à Prefeitura de Rondonópolis. Eles querem a ampliação do horário de funcionamento e também medidas efetivas de fiscalização das normas visando prevenir a disseminação da Covid-19.

    À frente do protesto estão a Associação Rondonopolitana de Bares e Restaurantes (ARBR), entidade que reúne os empresários do setor, e o Sindicato dos Empregados em Bares e Restaurantes da região Sul (Sindebares-SUL).

    Os organizadores também convidaram representantes da Acir, da associação de lojistas do Shopping e dos motoboys que atuam em serviços de entrega.

    Neumara Resmini, presidente da Associação Rondonopolitana de Bares e Restaurantes (ARBR), disse que o protesto pretende chamar a atenção para o agravamento da crise no setor com as restrições retomadas na última sexta-feira(28) .

    No ato público de hoje a ARBR vai pedir a permissão para abertura aos domingos e feriados e também mais tempo para trabalhar durante a noite.

    “Em Cuiabá e várias outras cidades o funcionamento está autorizado até a meia-noite. Aqui temos de parar as 20 horas. Queremos que a Prefeitura amplie ao menos até as 22 horas, de segunda a sábado”, diz Neumara.

    Imagem: neth moura sindebares Entidades vão realizar protesto contra restrições em Rondonópolis
    A presidente do Sindebares/Sul, Neth Moura, disse que restrições afetam diretamente o setor e deve causar mais demissões – Foto: Arquivo pessoal

    A presidente do Sindicato dos Empregados em Bares e Restaurantes, Neth Moura, também critica as restrições no município. Ela diz que a categoria não foi consultada e será a mais prejudicada com as novas medidas.

    “O SINDEBARES SUL não concorda de forma alguma com a decisão do comitê, pois somente as empresas noturnas estão sendo penalizadas. A nossa preocupação redobrou agora, pois não temos mais onde buscar meios de proteção aos empregos”, reclama.

    Na opinião de Neth Moura, ao invés de limitar o funcionamento das atividades comerciais o Comitê deveria centrar foco na fiscalização para combater a propagação da Covid-19.

    “Enquanto ficamos impedidos de trabalhar aos domingos e feriados, por exemplo, muita gente continua fazendo festas particulares e se contaminando. Os estabelecimentos cumprem as medidas preventivas e fechá-los só aumenta o desemprego”, afirma Neth Moura.