17 de junho de 2021
Mais
    Capa Blogs Agora Agro Exportações da pluma nacional crescem 28%
    ECONOMIA

    Exportações da pluma nacional crescem 28%

    O principal comprador da fibra até o momento é a China

    As exportações da pluma nacional alcançaram 908,36 mil toneladas no primeiro quadrimestre do ano de 2021, segundo a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), o acréscimo foi de 28,00% em relação ao mesmo período de 2020 (jan – abr). As informações são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

    O principal comprador da fibra até o momento é a China, que adquiriu até abril o total de
    242,60 mil toneladas.

    Apesar dos envios aquecidos, a participação do Brasil no mercado chinês representa apenas 25,01% do volume consumido pelo país no ano, enquanto os EUA, atendeu 40,14%
    da demanda.

    Embora o percentual norte-americano seja significativo, a participação do país neste ano está menor em relação ao ano passado, devido ao aumento das tensões em relação aos produtos feitos com algodão produzido na região de Xinjiang, o que acarretou alguns cancelamentos por parte da China de lotes de pluma dos EUA neste ano.

    Os economistas concluem que a pluma nacional poderá ganhar ainda mais visibilidade no mercado chinês, devido à assinatura do memorando de entendimento entre a Abrapa e a China Cotton Association (CCA), que representa cerca de 60% do setor têxtil na China.