21 de junho de 2021
Mais
    Capa Notícias Cidades MT distribui 75,3 mil doses de vacina; Rondonópolis recebe 4,6 mil
    CORONAVAC E ASTRAZENECA

    MT distribui 75,3 mil doses de vacina; Rondonópolis recebe 4,6 mil

    Para a Capital, foram distribuídas pouco mais de 12,2 mil doses dos imunizantes

    Imagem: efe vacina covid 19 astrazeneca 1500 12032021132858595 MT distribui 75,3 mil doses de vacina; Rondonópolis recebe 4,6 mil
    Maior volume de doses distribuídas é da Astrazeneca – Foto: YONGRIT/EFE

    A Secretaria Estadual de Saúde concluiu na manhã desta segunda-feira (10), a distribuição de mais 75,3 mil doses de vacina contra a Covid-19. Deste total, foram 14,8 mil doses da CoronaVac e 60,5 mil da AstraZeneca.

    As doses da CoronaVac, inclusive, são aguardadas com apreensão pelos gestores municipais, uma vez que, em muitas cidades, pessoas estão com a segunda dose da vacina atrasada.

    Conforme dados da secretaria de Saúde, foram destinados a Rondonópolis um total de 4.650 doses, divididas da seguinte forma: 3.720 da AstraZeneca e mais 930 doses da CoronaVac.

    Já a Capital mato-grossense receberá 9.190 doses da AstraZeneca e 3.100 da CoronaVac, totalizando 12.290.

    A quantidade de doses encaminhada a cada município é definida pela Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT), que é formada por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems-MT) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

    A Resolução também pactuou a distribuição de 2.430 doses remanescentes da vacina da AstraZeneca e 170 doses remanescentes da vacina CoronaVac, que foram recebidas em remessas anteriores e mantidas como estoque estratégico.

    Público imunizado

    Conforme a Resolução, as unidades desta remessa devem ser utilizadas em trabalhadores da saúde; pessoas com idade entre 60 a 69 anos; pessoas com idade entre 85 a 89 anos; povos e comunidades tradicionais quilombolas e força de segurança, salvamento e forças armadas.

    Também serão comtempladas pessoas com comorbidades, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência permanente.

    Para a vacina CoronaVac, o prazo para a aplicação da segunda dose varia entre 14 e 28 dias; já o prazo da aplicação da segunda dose da AstraZeneca é de até 84 dias.

    Caso os municípios alcancem a completa vacinação dos públicos-alvo estabelecidos para a imunização, a CIB orienta a continuidade da imunização dos demais públicos elencados pelo Ministério da Saúde.