21 de junho de 2021
Mais
    Capa Variedades Veja a transformação de Marília Mendonça após perder 21 kg em poucos...
    EDUCAÇÃO ALIMENTAR

    Veja a transformação de Marília Mendonça após perder 21 kg em poucos meses

    Emagrecimento é fruto de um processo de mais de 6 meses, que combina mudança de hábitos alimentares e prática de exercícios

    Marília Mendonça revelou que perdeu 21 kg durante os mais de seis meses em que vem passando por um processo de reeducação alimentar aliada à prática de exercícios físicos. A informação foi dada pela própria cantora, no último sábado (22), enquanto ela respondia perguntas dos internautas em seus stories do Instagram. A transformação da cantora já repercute há algum tempo e fica evidente em suas fotos. O clique da esquerda foi compartilhado em outubro de 2020, e o da direita, neste domingo (23). A seguir, veja mais detalhes sobre a mudança da rainha da sofrência.

    Imagem: Marilia mendonca Veja a transformação de Marília Mendonça após perder 21 kg em poucos meses
    Reprodução

    O emagrecimento é perceptível ao observar o rosto da cantora, que está mais fino. Marília postou a foto da esquerda em 11 de março de 2020 e a da direita, um ano e dois meses depois, em 13 de maio de 2021.

    A cantora frequentemente compartilha detalhes de sua rotina de malhação com os seguidores. Ela mostrou que estava malhando na companhia da mãe, Ruth Moreira, em plena segunda-feira do mês de março.

    Em janeiro, ela postou um vídeo em que aparece fazendo agachamento e exercitando os músculos dos braços ao mesmo tempo, com direito a um de seus hinos de trilha sonora. “Agachando e chorando. Quem aí curte uma sofrência no treino?”, perguntou, na legenda da publicação.

    Ela também já falou abertamente sobre a prática de jejum intermitente e a dificuldade que enfrenta para mudar seus hábitos alimentares. “Quebrando jejum de 16 horas com comida de verdade”, escreveu Marília na legenda de uma publicação feita em novembro de 2020. “Aprender a se alimentar é algo bem complicado pra quem tem um histórico como o meu. Tem que ser curioso, tem que procurar saber, tem que entender se é compulsão ou fome, tem que entender que não é mais criança”, completou.