Mais
    AgoraMT Manchetes 28 municípios estão com risco 'muito alto', Rondonópolis voltou para nível 'alto'
    NOVO BOLETIM

    28 municípios estão com risco ‘muito alto’, Rondonópolis voltou para nível ‘alto’

    Várias cidades da região Sudeste de Mato Grosso tiveram piora na classificação; em Rondonópolis a mudança deve afastar risco de restrições mais graves

    Imagem: covid 1 28 municípios estão com risco 'muito alto', Rondonópolis voltou para nível 'alto'
    Levantamento leva em conta números de novos casos, ocupação de leitos hospitalares e óbitos – Foto: Reprodução

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou, nesta terça-feira (22.06), o Boletim Informativo n° 471 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. Os números mostram um quadro geral ainda grave em todo o Estado, mas traz uma boa notícia para Rondonópolis. A cidade que havia sido classificada no nível de risco ‘muito alto’ voltou para a condição de risco ‘alto’ – o que afasta o risco da adoção de restrições mais rígidas por enquanto.

    No último levantamento além e Rondonópolis outras 25 cidades foram classificadas com nível de risco muito alto, agora este número subiu para 28 e inclui vários municípios da região Sudeste.

    Estão listada no grupo mais grave para a Covid-19 as cidades de Água Boa, Araguainha, Barra do Bugres, Barra do Garças, Brasnorte, Cáceres, Campo Novo do Parecis, Campo Verde, Colíder, Confresa, Guarantã do Norte, Guiratinga, Itanhangá, Jangada, Juína, Lucas do Rio Verde, Luciara, Novo Mutum, Peixoto de Azevado, Ponte Branca, Primavera do Leste, Querência, Santa Rita do Trivelato, São José do Povo, Sapezal, Tangará da Serra, Torixoréu e Vila Rica.

    Outras 113 cidades estão classificadas na categoria de risco ‘alto’ para a contaminação do coronavírus. Nenhum município foi classificado com risco moderado ou baixo para a Covid-19.

    REPERCUSSÃO
    A Secretaria de Saúde de Rondonópolis ainda não e pronunciou sobre a nova classificação. Também não há informações sobre uma eventual convocação do Comitê Gestor de Crise para discutir as restrições em vigor no município.

    A última reunião do Comitê Gestor de crise ocorreu no dia 27 de maio, quando a cidade também estava na classificação de risco alto e contabilizava 779 óbitos e 28.945 casos confirmados.

    Conforme o boletim divulgado ontem pelo município, Rondonópolis tem agora 1.167 casos ativos e registrou desde o início da pandemia 31.915 confirmações de contaminação. No total, 844 pessoas já morreram vítimas da Covid-19 em Rondonópolis.

    Confira as medidas de acordo com a classificação de risco:

    Nível de Risco ALTO

    1. a) implementação e/ou manutenção de todas as medidas previstas para os Níveis de Risco BAIXO e MODERADO;
    2. b) proibição de qualquer atividade de lazer ou evento que cause aglomeração;
    3. c) proibição de atendimento presencial em órgãos públicos e concessionárias de serviços públicos, devendo ser disponibilizado canais de atendimento ao público não presencial;
    4. d) adoção de medidas preparatórias para a quarentena obrigatória, iniciando com incentivo à quarentena voluntária e outras medidas julgadas adequadas pela autoridade municipal para evitar a circulação e aglomeração de pessoas.

    Nível de Risco MUITO ALTO

    1. a) implementação e/ou manutenção de todas as medidas previstas para os Níveis de Risco BAIXO, MODERADO e ALTO;
    2. b) quarentena coletiva obrigatória no território do Município, por períodos de 10 (dez) dias, prorrogáveis, mediante reavaliação da autoridade competente, podendo, inclusive, haver antecipação de feriados para referido período;
    3. c) suspensão de aulas presenciais em creches, escolas e universidades;
    4. d) controle do perímetro da área de contenção, por barreiras sanitárias, para triagem da entrada e saída de pessoas, ficando autorizada apenas a circulação de pessoas com o objetivo de acessar e exercer atividades essenciais;
    5. e) manutenção do funcionamento apenas dos serviços públicos e atividades essenciais;
    • 1º Atingida determinada classificação de risco, as medidas de restrição correspondentes devem ser aplicadas por, no mínimo, 10 (dez) dias, ainda que, neste período, ocorra o rebaixamento da classificação do Município.
    • 2º Os municípios contíguos devem adotar as medidas restritivas idênticas, correspondentes às aplicáveis aquele que tiver classificação de risco mais grave.
    • 3º Os Municípios poderão adotar medidas mais restritivas do que as contidas neste Decreto, desde que justificadas em dados concretos locais que demonstrem a necessidade de maior rigor para o controle da disseminação do novo coronavírus.

    Art. 6º O funcionamento de parques públicos estaduais seguirá as restrições estabelecidas pelos Municípios em que se encontrem e, na ausência de normas a este respeito, poderão ser utilizados, desde que observado o distanciamento mínimo de 1,5m entre as pessoas, ficando vedado o acesso sem o uso de máscara de proteção facial.

    Importantes

    BOLETIM

    Mato Grosso tem 436 novas confirmações de casos de Covid-19 nas últimas 24h

    A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (19.10), 543.838 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados...
    AFASTADO DO CARGO

    Oposição articula comissão que pode resultar em cassação de Emanuel

    Vereadores de oposição na Câmara de Cuiabá já articulam a apresentação de um pedido de abertura de comissão processante contra o prefeito afastado da...
    ESTAVA DISTRAÍDA

    Mãe com bebê no colo despenca em bueiro enquanto fala ao celular

    Uma mãe com um bebê no colo despencou em um bueiro enquanto conversava ao celular. O incidente foi registrado por uma câmera de vigilância...
    COVID-19

    Mato Grosso registra menor taxa de internação em UTIs desde maio de 2020

    O Painel Interativo Covid-19 nº 589, divulgado nesta segunda-feira (18) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), registra a menor taxa de internação em...
    IMAGEM IMPRESSIONANTE

    Avião cai no Texas e todos os 21 ocupantes sobrevivem

    Um avião com 21 pessoas a bordo caiu nesta terça-feira (19) ao decolar perto de Houston, no Texas, e todos os passageiros e a...
    “ATRAPALHOU INVESTIGAÇÕES”

    Chefe de gabinete de Emanuel pede prisão domiciliar; desembargador analisará

    Alvo da operação Capistrum, deflagrada na manhã desta terça-feira (19), o advogado e chefe de gabinete da prefeitura de Cuiabá, Antônio Monreal Neto, pediu...
    PRESO EM OPERAÇÃO

    “Braço-direito” de Emanuel impediu servidores de prestarem informações ao MPE

    A prisão do chefe de gabinete do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), o advogado Antônio Monreal Neto, ocorreu em razão de tentativas de atrapalhar às...
    56 MEDALHAS

    Brasil é campeão sul-americano de atletismo sub-23 com ajuda de mato-grossenses

    O campeonato Sul-Americanos Sub-23, realizado em Guayaquil, Equador, dias 16 e 17 de outubro, destacou a hegemonia do Brasil na competição. A seleção canarinho...
    ILEGALIDADE NO “PRÊMIO SAÚDE”

    Justiça sequestra R$ 16 milhões em bens de Emanuel, Marcia Pinheiro e mais 3

    Na decisão em que afastou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), do cargo, a Justiça ainda determinou o sequestro de bens no valor...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    Nova cidade do Mato-Grosso oferece oportunidade de empreendimentos e investimentos

    O Mato Grosso é o pilar do agronegócio no Brasil e tem este setor como responsável por 50% do Produto Interno Bruto (PIB) da...
    AMOR E SOLIDARIEDADE

    Projeto ‘Jardim de Deus’ atende crianças carentes e se mantém através de doações

    Um lugar para as crianças se alimentarem, conversarem e se sentirem acolhidas. Assim é conhecido pela vizinhança o salão em que funciona o ‘Projeto...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    No coração de Mato Grosso, Santiago do Norte é cenário de investimentos e desenvolvimento

    Em meio a uma das maiores crises sanitárias e econômicas de sua história, o Brasil procura alternativas para seguir crescendo economicamente. Na região central...
    FUTURO PROMISSOR

    Distrito planejado atrai empreendedores para interior do Mato Grosso

    O impacto do Mato Grosso na economia brasileira já não é novidade e cada vez mais o estado se torna parte fundamental no PIB...

    Editoriais