Mais
    AgoraMT Editoriais Agora Agro Adjuvantes agrícolas geram economia para o produtor e diminuem danos ao meio...
    ECONOMIA

    Adjuvantes agrícolas geram economia para o produtor e diminuem danos ao meio ambiente

    Maior eficácia na aplicação de defensivos diminui os custos da pulverização em até 50%, segundo a Embrapa

    Imagem: Capa materia sell Adjuvantes agrícolas geram economia para o produtor e diminuem danos ao meio ambiente

    Os adjuvantes agrícolas são usados na lavoura de forma a controlar variáveis que afetam a aplicação de defensivos (herbicidas, fungicidas e inseticidas), como: influência do clima, especificidades químicas de cada produto e fatores mecânicos dos aparelhos usados na aplicação.

    Todos esses fatores podem influenciar na qualidade da pulverização – e é aí que os adjuvantes entram para cumprir a sua função, reduzindo os problemas na aplicação, aumentando a qualidade dos componentes que envolvem esses defensivos e melhorando a aderência dos herbicidas, fungicidas e inseticidas.

    Ao promoverem um ganho de eficácia na aplicação, os adjuvantes acabam por reduzir a dose de defensivos necessários, o que pode gerar uma economia de até 50% com relação aos gastos com esses produtos usados na proteção da lavoura, segundo dados da Embrapa.

    Como os adjuvantes são divididos em diferentes categorias, para que haja maior eficácia no seu uso – e consequente economia para o bolso do produtor -, é necessário que sejam feitos estudos detalhados sobre a lavoura por especialistas agrônomos.

    Alguns critérios que devem ser levados em consideração nessas pesquisas de campo incluem:

    • Análises sobre o alvo a ser atingido, como ervas daninhas, doenças na plantação e pragas;
    • O tipo de cultivo;
    • As condições ambientais e climáticas da área de pulverização;
    • A qualidade química da água usada na aplicação;
    • Os maquinários e pulverizadores disponíveis;
    • Os tipos de defensivos usados na lavoura.

    A partir da avaliação rigorosa desses critérios, é possível escolher um bom adjuvante agrícola, que potencializará o efeito dos defensivos, gerando gastos mais baixos e, consequentemente, causando menos danos ao meio ambiente, já que há diminuição do uso de defensivos.

    Como otimizar os processos de aplicação?

    São várias as barreiras que podem atrapalhar a aplicação dos defensivos na lavoura. As superfícies das folhas, por exemplo, podem ser difíceis de serem molhadas por completo. Nesse sentido, os adjuvantes agem de maneira a aumentar a propagação, a absorção e a penetração dos defensivos na folha, gerando maior proteção com uma quantidade mais baixa de defensivo.

    Há também os fatores climáticos que afetam a pulverização, como a “deriva”, quando há desvio na trajetória das gotas por conta do vento ou da chuva, por exemplo, impedindo-as de atingirem o alvo. Os adjuvantes podem auxiliar de forma a aumentar a penetração na folha, além de reduzir a evaporação.

    Os adjuvantes também atuam de maneira a modificar as características físicas da solução que será pulverizada, melhorando a qualidade da calda. Há, ainda, menor formação de espuma e homogeneização da calda, reduzindo, assim, os riscos de entupimento do sistema.

    Adjuvantes Sell: qualidade e economia

    Após análise do solo, das condições climáticas, do maquinário usado na pulverização e dos tipos de defensivos, é hora de escolher um adjuvante de qualidade, capaz de promover a maior eficácia da aplicação.

    Nesse momento, dois fatores são importantes: verificar se o produto foi desenvolvido para essa função, tendo confirmados os seus benefícios, e realizar uma busca por pesquisas que confirmem a sua funcionalidade. Ter um critério rigoroso nesse momento é importante para alcançar os melhores resultados,

    Dentre os adjuvantes agrícolas disponíveis no mercado, os produtos da SELL Agro se destacam por sua eficácia superior à de seus concorrentes, promovendo maior economia para o bolso do produtor.

    Os produtos da empresa, fabricados em Rondonópolis (MT), foram avaliados em uma pesquisa desenvolvida pelo Centro de Pesquisa Agroefetiva de Botucatu (SP). No teste realizado por pesquisadores agrônomos, os produtos Ares e Ophion se destacaram em diversos aspectos analisados.

    “Nós tomamos esse cuidado de dividir nossos produtos de acordo com a finalidade dos agroquímicos. O Ares, por exemplo, vai padronizar a gota e fazer com que a calda chegue no alvo desejado; ou seja, insetos e fungos”, explica Eloi do Prado, diretor de ciência e tecnologia da Sell Agro.

    Essa diferenciação entre os produtos é importante, pois oferece maior assertividade na hora da escolha. Mas há também adjuvantes como o StartUp, indicado para todas as operações. “Quem não necessita de um produto com uma quantidade muito grande de polímeros e surfactantes, o StartUp é a melhor relação custo-benefício do mercado”, completa Eloi.

    Sobre a SELL

    A Sell atua há 14 anos na formulação de adjuvantes agrícolas e conta com amplo laboratório de pesquisa, alta tecnologia de produção e equipe de engenheiros químicos e agrônomos. Para mais informações acesse: www.sellagro.com.br.

    Importantes

    BOLETIM

    Mato Grosso tem 436 novas confirmações de casos de Covid-19 nas últimas 24h

    A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (19.10), 543.838 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados...
    AFASTADO DO CARGO

    Oposição articula comissão que pode resultar em cassação de Emanuel

    Vereadores de oposição na Câmara de Cuiabá já articulam a apresentação de um pedido de abertura de comissão processante contra o prefeito afastado da...
    ESTAVA DISTRAÍDA

    Mãe com bebê no colo despenca em bueiro enquanto fala ao celular

    Uma mãe com um bebê no colo despencou em um bueiro enquanto conversava ao celular. O incidente foi registrado por uma câmera de vigilância...
    COVID-19

    Mato Grosso registra menor taxa de internação em UTIs desde maio de 2020

    O Painel Interativo Covid-19 nº 589, divulgado nesta segunda-feira (18) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), registra a menor taxa de internação em...
    IMAGEM IMPRESSIONANTE

    Avião cai no Texas e todos os 21 ocupantes sobrevivem

    Um avião com 21 pessoas a bordo caiu nesta terça-feira (19) ao decolar perto de Houston, no Texas, e todos os passageiros e a...
    “ATRAPALHOU INVESTIGAÇÕES”

    Chefe de gabinete de Emanuel pede prisão domiciliar; desembargador analisará

    Alvo da operação Capistrum, deflagrada na manhã desta terça-feira (19), o advogado e chefe de gabinete da prefeitura de Cuiabá, Antônio Monreal Neto, pediu...
    PRESO EM OPERAÇÃO

    “Braço-direito” de Emanuel impediu servidores de prestarem informações ao MPE

    A prisão do chefe de gabinete do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), o advogado Antônio Monreal Neto, ocorreu em razão de tentativas de atrapalhar às...
    56 MEDALHAS

    Brasil é campeão sul-americano de atletismo sub-23 com ajuda de mato-grossenses

    O campeonato Sul-Americanos Sub-23, realizado em Guayaquil, Equador, dias 16 e 17 de outubro, destacou a hegemonia do Brasil na competição. A seleção canarinho...
    ILEGALIDADE NO “PRÊMIO SAÚDE”

    Justiça sequestra R$ 16 milhões em bens de Emanuel, Marcia Pinheiro e mais 3

    Na decisão em que afastou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), do cargo, a Justiça ainda determinou o sequestro de bens no valor...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    Nova cidade do Mato-Grosso oferece oportunidade de empreendimentos e investimentos

    O Mato Grosso é o pilar do agronegócio no Brasil e tem este setor como responsável por 50% do Produto Interno Bruto (PIB) da...
    AMOR E SOLIDARIEDADE

    Projeto ‘Jardim de Deus’ atende crianças carentes e se mantém através de doações

    Um lugar para as crianças se alimentarem, conversarem e se sentirem acolhidas. Assim é conhecido pela vizinhança o salão em que funciona o ‘Projeto...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    No coração de Mato Grosso, Santiago do Norte é cenário de investimentos e desenvolvimento

    Em meio a uma das maiores crises sanitárias e econômicas de sua história, o Brasil procura alternativas para seguir crescendo economicamente. Na região central...
    FUTURO PROMISSOR

    Distrito planejado atrai empreendedores para interior do Mato Grosso

    O impacto do Mato Grosso na economia brasileira já não é novidade e cada vez mais o estado se torna parte fundamental no PIB...

    Editoriais