03 de agosto de 2021
Mais
    Capa Notícias Política Adonias cobra respostas sobre congestionamentos na BR-364
    OBRA SEM FIM

    Adonias cobra respostas sobre congestionamentos na BR-364

    Vereador cobrou respostas sobre demora em obra no perímetro urbano da BR-364; trecho registra congestionamentos diários e concessionária não informou quando problema será resolvido

    Imagem: Ver Adonias Fernandes
    Vereador Adonias Fernandes cobrou explicações e agilidade na conclusão da obra o trecho urbano da BR-364- Foto: assessoria

    O vereador Adonias Fernandes (MDB) cobrou ontem explicações sobre os congestionamentos frequentes registrados no perímetro urbano da BR-364, por causa de uma obra na ponte sobre o Rio Vermelho. O parlamentar pediu também a intervenção dos representantes de Mato Grosso no Congresso Nacional para garantir a conclusão rápida da obra.

    O vereador explicou que a morosidade da obra tem comprometido a fluidez do trânsito principalmente no trecho que vai da ponte sobre o Lourencinho até o posto a Polícia Rodoviária Federal.

    “Todos os dias sou cobrado em relação a esta situação. Está uma loucura, muito transtorno e um risco grande de acidentes especialmente nos horários de pico. É preciso fazer alguma coisa”, disse o parlamentar.

    Adonias cobrou uma resposta do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e chegou a sugerir que, se for o caso, a administração deste trecho seja repassada à Prefeitura de Rondonópolis.

    Imagem: congestionametno Adonias cobra respostas sobre congestionamentos na BR-364
    Congestionamentos ocorrem principalmente em horários de pico e aumentam riscos de acidentes – Foto: Reprodução

    “Estamos cobrando há muito tempo que o DNIT olhe com carinho esse trecho, mas não temos resposta. Já houve dias em que carros e carretas formaram uma fila de mais de 10 Km”, destaca.

    OUTRO LADO
    Procurada pela reportagem, a assessoria do DNIT informou que a obra em questão é realizada pela concessionária Rota do Oeste e que o órgão não tem poder de fiscalização neste caso. A assessoria da concessionária confirmou a informação.

    Em nota encaminhada ao portal Agora MT, a Concessionária Rota do Oeste disse que a interdição parcial da rodovia ocorre eventualmente e visa a segurança dos usuários.

    “A Rota do Oeste ressalta que implantou projeto amplo de sinalização indicando a mudança do tráfego no trecho da BR-364, onde houve o bloqueio da pista sul (Cuiabá / Rondonópolis) e tráfego em mão dupla na pista norte (Rondonópolis / Cuiabá)”, diz a nota.

    Conforme a concessionária a ponte foi construída há mais de 70 anos e é monitorada permanentemente. O trabalho de recuperação estrutural começou no ano passado e não foi informado a data prevista para conclusão.

    Imagem: congestionametno 364 Adonias cobra respostas sobre congestionamentos na BR-364
    Empresários e trabalhadores reclamam de transtornos e prejuízos causados pelos congestionamentos frequentes – Foto: reprodução

    “Ainda em 2020 foi feito um trabalho de recuperação das vigas, especialmente os segmentos que ficam submersos. A Concessionária já finalizou o projeto para recuperação total da ponte e, agora, atua na contratação de empresa especializada para a execução do serviço. Esta será a segunda etapa de recuperação da ponte”, informou.

    A Concessionária recomenda aos motoristas que reduzam a velocidade e sigam as orientações existentes na região. Aos veículos de passeio que puderem evitar o trecho da rodovia, há recomendação de utilização de caminho alternativo pelas vias urbanas de Rondonópolis.