21 de junho de 2021
Mais
    Capa Destaques Comandante da PM: buscas seguirão até que bando seja localizado
    ASSALTO A COOPERATIVAS

    Comandante da PM: buscas seguirão até que bando seja localizado

    Criminosos levaram terror a Nova Bandeiras e fizerem pessoas reféns

    Imagem: jonildo jose de assis PM 2019
    O comandante-geral da PM, coronel Jonildo de Assis, que garantiu empenho em buscas – Foto: Gcom

    O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Jonildo José de Assis, afirmou que as forças de segurança pública do Estado estão determinadas a caçar o bando que assaltou duas cooperativas de crédito no interior do Estado, independente do tempo que se fizer necessário para concluir as buscas.

    A ação criminosa ocorreu na última sexta-feira (4), quando o bando, fortemente armado, assaltou simultaneamente duas cooperativas de crédito na cidade de Nova Bandeirantes, região Norte do Estado.

    Desde então, mais de 100 policiais estão envolvidos no trabalho de procura aos criminosos.

    “Ficaremos até o dia que tiver que ficar. Dez dias, 15 dias, 20 dias, 60 dias se for preciso. Não temos medo de trabalhar, a tropa está muito motivada”, disse o comandante, em entrevista a uma rádio da Capital.

    “Estive no local e o pessoal está extremamente motivado para dar essa resposta à sociedade”, emendou Assis.

    Ele não deu mais detalhes das investigações, uma vez que os trabalhos correm sob sigilo.

    Nesta semana, o governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que “existe empenho máximo da polícia na região pra prender esses bandidos”.

    O crime

    A ação criminosa ocorreu na última sexta-feira, quando o bando, fortemente armado, assaltou simultaneamente duas cooperativas de crédito.

    Encapuzados e com roupas camufladas, os criminosos invadiram as agências bancárias em posse de fuzis e pistolas.

    Eles conseguiram roubar o dinheiro das cooperativas e fugiram com 10 reféns, feitos de ‘escudo humano’.

    Todos os reféns foram liberados depois que os bandidos conseguiram sair da cidade.