31 de julho de 2021
Mais
    Capa Notícias Brasil Disque-Lázaro recebe cerca de 1 mil denúncias em um dia
    BRASIL

    Disque-Lázaro recebe cerca de 1 mil denúncias em um dia

    O número de telefone do “Disque-Lázaro” é: (61) 99839-5284. A SSP-GO promete sigilo absoluto ao denunciante

    Imagem: disque lazaro Disque-Lázaro recebe cerca de 1 mil denúncias em um dia
    Disque Lázaro – Foto: reprodução

    O telefone criado pela Secretaria de Segurança Pública do Goiás (SSP-GO) para que a população entre em contato caso encontre Lázaro Barbosa de Sousa recebeu cerca de 1 mil denúncias em 24 horas. O “Disque-Lázaro” foi anunciado no domingo (20).

    Entre domingo e segunda (21), alguns moradores disseram ter visto Lázaro pela mata de Girassol-GO, mas as informações não se confirmaram. Outras denúncias diziam que o fugitivo estaria em Foz do Iguaçu-PR, Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, dentre outras regiões. Contudo, a informação repassada pela força-tarefa é de que o criminoso se mantém em Cocalzinho de Goiás-GO.

    A SSP-GO afirma que a força-tarefa tem avançado nas buscas e pede que as denúncias sigam sendo feitas caso seja um dado relevante. O número de telefone do “Disque-Lázaro” é: (61) 99839-5284. A SSP-GO promete sigilo absoluto ao denunciante.

    Caçada completa 14 dias

    Já são 14 dias de caçada a Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos. O criminoso está foragido desde o último dia 9 de junho, data da chacina no Incra 9 (Ceilândia). Aumenta a angústia da população o fato de não haver rastros confirmados do fugitivo há pelo menos três dias.

    Lázaro está se escondendo dos policiais entre os distritos de Girassol e Edilândia, que pertencem a Cocalzinho de Goiás-GO. Nos últimos quatro dias, algumas pessoas até disseram ter visto o homem correr pela mata, mas a polícia não encontrou nenhum indício. Mais de 200 policiais atuam na operação.

    Além dos policiais, também há cães farejadores. Dois deles foram integrados no último domingo. Uma delas é a cadela Cristal, que participou das buscas por vítimas no desastre de Brumadinho-MG. Um caçador que diz conhecer a região, identificado como Babaçu, é mais um a compor a força-tarefa desde segunda (21).

    Caçada completa 14 dias

    Já são 14 dias de caçada a Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos. O criminoso está foragido desde o último dia 9 de junho, data da chacina no Incra 9 (Ceilândia). Aumenta a angústia da população o fato de não haver rastros confirmados do fugitivo há pelo menos três dias.

    Lázaro está se escondendo dos policiais entre os distritos de Girassol e Edilândia, que pertencem a Cocalzinho de Goiás-GO. Nos últimos quatro dias, algumas pessoas até disseram ter visto o homem correr pela mata, mas a polícia não encontrou nenhum indício. Mais de 200 policiais atuam na operação.

    Além dos policiais, também há cães farejadores. Dois deles foram integrados no último domingo. Uma delas é a cadela Cristal, que participou das buscas por vítimas no desastre de Brumadinho-MG. Um caçador que diz conhecer a região, identificado como Babaçu, é mais um a compor a força-tarefa desde segunda (21).