21 de junho de 2021
Mais
    Capa Notícias Manchete Governo deposita auxílio para custeio de internet para professores da rede estadual
    AJUDA NA PANDEMIA

    Governo deposita auxílio para custeio de internet para professores da rede estadual

    Serão 36 parcelas que vão totalizar R$ 2.520,00 para cada servidor

    Imagem: professor da rede estadual Governo deposita auxílio para custeio de internet para professores da rede estadual
    Reprodução

    O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), realiza nesta quinta-feira (10.06) o repasse da primeira parcela de R$ 70,00 para professores da rede de ensino estadual que estão em sala de aula custuarem planos de internet.

    Também vai repassar R$ 3.500,00 para 551 professores adquirirem um computador portátil (confira a lista aqui). Neste 3º lote, a grande maioria dos beneficiados está lotada em escolas indígenas.

    Desde o início do “Programa de Aquisição de Notebooks e Custeio de Internet”, 17.915 professores já receberam em suas contas pessoais o valor para aquisição de um computador portátil.

    Só para a compra dos computadores os repasses do Governo do Estado já somam R$ 62.702.500,00. Somando com o primeiro repasse para a internet, no valor de R$ 976.570,00, os investimentos chegam a R$ 63.679,070.

    O secretário de Educação, Alan Porto, ressalta que o programa tem como objetivo principal ajudar os professores que estão em sala de aula, no ensino não presencial. “O Governo está garantindo a cada profissional um computador e três anos de internet paga. É mais um esforço do governo que já mostrou que a educação é prioridade”.

    O secretário ainda destaca que além de ajudar neste momento de aulas não presenciais, o computador será do professor e vai continuar sendo um instrumento de trabalho quando o ensino voltar na modalidade híbrida.

    “Tenho conversado com muitos professores no interior do Estado e é grande a alegria de serem contemplados com um programa inédito, que garante o instrumento de trabalho. Com investimentos previsto de quase R$ 1 bilhão, em infraestrutura, tecnologia e na área pedagógica, a educação vai avançar cada vez mais em Mato Grosso. Nossa meta é ter os melhores índices do Brasil”.

    Internet

    Como garantido no lançamento do programa, no final de março deste ano, o Governo do Estado vai garantir o pagamento de internet por três anos a todos os professores que comprarem o computador portátil.

    O valor individual é de R$ 70,00. Serão 36 parcelas que vão totalizar R$ 2.520,00 para cada servidor.

    Prestação de Contas

    Após a compra do notebook, os servidores têm 60 dias para prestar conta, por meio de apresentação de cópia da nota fiscal na secretaria escolar e assinatura de um termo de aquisição.

    Os profissionais da educação que quiserem devolver o crédito deverão fazê-lo por meio de depósito ou transferência bancária: agência 3834-2 e conta 5395-3 (Seduc-Fundeb). Não é permitida a devolução do recurso por meio de Documento de Arrecadação (DAR).

    Mais prazo

    A Seduc prorrogou, até o dia 30 de junho, o prazo para os beneficiados do primeiro lote prestarem conta da compra do notebook. Para os professores que receberam no 2º lote, no dia 3 de maio, e os que recebem hoje, o prazo continua de 60 dias.

    Dúvidas devem ser encaminhadas para o e-mail: [email protected]