16 de junho de 2021
Mais
    Capa Destaques Pantaneiros são treinados para atuar no combate aos incêndios florestais
    MATO GROSSO

    Pantaneiros são treinados para atuar no combate aos incêndios florestais

    Os treinos são divididos em turmas de 15 pessoas que vivem chácaras, fazendas e sítios

    Imagem: Treinamento dos Pantaneiros Pantaneiros são treinados para atuar no combate aos incêndios florestais
    Treinamento dos Pantaneiros – Foto: assessoria

    O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBM-MT) já capacitou 158 moradores e trabalhadores que vivem na região do Pantanal sobre as técnicas e ações preventivas de combate aos incêndios florestais. Os ciclos de treinamento são realizados por equipes de militares do 1° Pelotão Independente CBM da cidade de Poconé, distante 104 km de Cuiabá.

    Os treinos são divididos em turmas de 15 pessoas que vivem chácaras, fazendas e sítios. Durante dois dias curso, os participantes passam por um nivelamento piloto, uma troca de experiências e repasse de informações do local e um panorama geral da temática sobre as queimadas.

    Nesta semana, entre os dias 31 de maio a 03 junho, mais uma turma de pantaneiros das localidades do Distrito de Cangas e Estrada do Boqueirão também realizaram a capacitação de ação preventiva. Estes pontos foram estrategicamente escolhidos pelo fato ter sofrido uma grande destruição nos incêndios ocorridos em 2020. A expectativa é que através deste repasse de conhecimento todos possam contribuir para mitigação do fogo.

    A execução de mais uma etapa da capacitação faz parte do Plano de Operações para a Temporada de Incêndios Florestais (POTIF 2021) e tem o objetivo de posicionar equipes de militares para promover ações preventivas para minimizar os impactos dos desastres ocasionados pelos incêndios no Pantanal.

    Além dos militares do 1° Pelotão Independente, também são integrantes da equipe de monitores os bombeiros 2° BBM e 1° PIBM, que possuem grande experiência em combate aos incêndios florestais.

    Segundo o cronograma de capacitação, ainda restam dois ciclos serem realizados: em Porto Jofre e no Distrito de Pirizal (Nossa Senhora do Livramento).O número limitado de 15 pessoas é para garantir a segurança de todos com o distanciamento social e os demais protocolos de prevenção da Covid-19.

    Para realizar essa força-tarefa preventiva há outras instituições parceiras; Sindicato Rural de Poconé, Órgão Estadual de Proteção e Defesa Civil, Prefeitura Municipal de Poconé, SESC Porto Cercado, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), setores do turismo, além dos próprios moradores locais.