16 de junho de 2021
Mais
    Capa Destaques Rondonópolis precisa de mais de 6,5 mil doses da Coronavac
    VACINAÇÃO ATRASADA

    Rondonópolis precisa de mais de 6,5 mil doses da Coronavac

    Mato Grosso solicitou ao Ministério da Saúde 10.244 doses do imunizante

    Imagem: 26 03 2021 Mato Grosso recebe mais 549 mil doses de vacinas Coronavac e AstraZeneca 62 Rondonópolis precisa de mais de 6,5 mil doses da Coronavac
    Rondonópolis precisa de mais de 6,5 mil doses da Coronavac – Foto: Divulgação

    Rondonópolis precisa de 6.520 doses da Coronavac para completar o esquema de imunização de pessoas que já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

    A informação foi repassada a Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que é responsável pela definição do esquema de distribuição de doses em Mato Grosso.

    O número coloca o município como o líder dentre as cidades do Estado que mais precisa de doses da Coronavac.

    Na sequência aparecem: Cuiabá (3.216), Campo Verde (258), Tesouro (122), Apiacás (120 doses) e Luciara (8).

    A comissão já aprovou uma resolução que solicita ao Ministério da Saúde 10.244 doses da CoronaVac para que as cidades completem o esquema vacinal com a segunda aplicação do imunizante.

    A resolução cita que uma das razões que levaram ao déficit de doses da Coronavac foi a recomendação do Governo Federal quanto ao uso das remessas enviadas.

    Contudo, o documento enfatiza também que a situação pode estar relacionada à falha estratégica dos municípios durante a operacionalização da vacinação, com a utilização de segundas doses como primeiras doses.

    Conforme a comissão, precisam de segundas doses pessoas com mais de 60 anos; pessoas com comorbidades ou institucionalizadas; profissionais da saúde e trabalhadores das forças armadas, de segurança e salvamento.