24 de junho de 2021
Mais
    Capa Destaques Município diz que não há data para vacinação dos trabalhadores da Educação
    CONTRA A COVID-19

    Município diz que não há data para vacinação dos trabalhadores da Educação

    Neste sábado foram vacinadas pessoas com mais de 57 anos ou com alguma comorbidade; vacinação dos trabalhadores da Educação depende de mais doses e novas orientações.

    Imagem: Fila no Drive Thu para area da segurana Município diz que não há data para vacinação dos trabalhadores da Educação
    Campanha de vacinação neste sábado foi no sistema drive-thru, em que não é preciso descer dos veículos – Foto: Varlei Cordova/ AGORA MT

    A Secretaria Municipal de Saúde encerrou a campanha de vacinação no Ceadas, mas informa que o trabalho os atendimentos continuarão até as 16h30 da tarde de hoje (05), no estacionamento do Estádio Luthero Lopes e também da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) no sistema drive-thru. Além das pessoas que tem mais de 18 anos e apresentam alguma comorbidade ou deficiência permanente, também podem ser vacinados todas as pessoas com 57 anos ou mais.

    Pela manhã circularam boatos em redes sociais de que hoje também seriam imunizados trabalhadores da Educação. Muitos educadores chegaram a procurar os postos de vacinação depois de receberem mensagens em grupos de whatsapp.

    “Vi a informação no grupo da escola onde trabalho e fiquei até feliz. Recebi o desmentido depois no próprio grupo, mas já tinha perdido a viagem”, disse uma professora que pediu para não ser identificada.

    Imagem: vacinacao drive thru universidade estadual do rio de janeiro uerj tnrgo abr 2502214599 0 Município diz que não há data para vacinação dos trabalhadores da Educação
    Município aguarda novas doses e orientações para definir data da imunização dos trabalhadores da Educação – Foto: Divulgação

    O boato circulou após fotos mostrando a imunização de servidores no posto montado na UFR. Mas, segundo a Secretaria de Saúde, tratam-se de pessoas que estão atuando como voluntários na campanha ou cumpriam os requisitos exigidos nesta etapa – ter comorbidades, deficiência permanente ou mais de 57 anos.

    A assessoria de comunicação da Prefeitura reafirmou que o município está ‘seguindo rigorosamente o protocolo definido pelo Ministério e pela Secretaria Estadual de Saúde’. Conforme eles, ainda não há previsão de quando será iniciada a vacinação dos trabalhadores da Educação.

    Um levantamento extra-oficial mostrou que cerca de 600 pessoas foram vacinadas na manhã deste sábado em Rondonópolis.

    CRONOGRAMA
    A campanha de vacinação será suspensa amanhã e retomada na segunda-feira (07) com a imunização das pessoas de 56 anos. O calendário divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde prevê uma aceleração do processo ao longo da semana.

    Na terça-feira (8) será a vez de quem tem 55 anos ou mais; depois dos que já atingiram 54 anos (quarta-feira/9), os 53 anos (quinta-feira/10) e dos que já completaram 52 anos (na Sexta-feira/11).

    Imagem: gestante
    Gestantes e puérperas serão imunizadas com vacina da Pfizer à partir de terça-feira. Foto: Reprodução

    Além desse grupo, as equipes atenderão as pessoas que já tomaram a primeira dose da AstraZeneca e ainda não receberam a dose de reforço. Também poderão procurar os postos de vacinação todas as pessoas que tenham mais de 18 anos e sejam portadoras de alguma comorbidade ou deficiência permanente.

    As pessoas que se encaixam nesses critérios deverão procurar as unidades de Saúde (ESFs) nos bairros André Maggi, Dom Osório, Morumbi, Padre Miguel, Paineiras, Pedra 90, Serra Dourada, além do Centro de Saúde Cohab, das 8h às 11 horas – para mulheres – e das 13h às 16h30 – para homens.

    Ao longo da semana também haverá vacinação no sistema drive-thru no Estádio Luthero Lopes e na Universidade Federal de Rondonópolis (UFR)

    As gestantes ou puérperas com mais de 18 anos continuam impedidas de receber a AstraZeneca, mas poderão se vacinar com o imunizante da Pfizer de terça a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 16 horas no Centro Cultural José Sobrinho, entre terça (8) e sexta-feira (11), das 8h às 11h e das 13h às 16 horas.