18 de junho de 2021
Mais
    Capa Destaques Vereadores e deputados vão mediar acordo para reduzir restrições ao comércio
    RONDONÓPOLIS

    Vereadores e deputados vão mediar acordo para reduzir restrições ao comércio

    Representantes do comércio e dos empregados em Bares e Restaurantes querem ampliação do horário de funcionamento e permissão para trabalhar nos feriados

    Imagem: reun sindb acir Vereadores e deputados vão mediar acordo para reduzir restrições ao comércio
    Reunião promovida pela ACIR e pelo Sindebares-sul teve a participação de vereadores e comerciantes – Foto: Divulgação

    A Associação Comercial e Industrial de Rondonópolis (ACIR) e o Sindicato dos Empregados em Bares e Restaurantes da Região Sul (Sindebares/Sul MT) encaminharam ontem (08) um ofício pedindo a intervenção da Câmara Municipal para alterar as restrições impostas ao comércio na cidade. O documento foi entregue numa reunião com a participação de representantes do setor, vereadores e também da deputada estadual Janaína Riva (MDB).

    O documento deverá ser lido na sessão ordinária que acontece hoje à tarde. Basicamente é solicitado a autorização para que os estabelecimentos comerciais funcionem até as 22 horas de segunda a sábado, até as 15hs ao domingos e sejam liberados nos feriados – inclusive no Dia dos Namorados, celebrado no próximo sábado. O setor pede também que o toque de recolher seja limitado ao período das 23h às 04 horas da manhã.

    Além da discussão na Câmara Municipal, ficou acertada a realização de uma nova videoconferência nesta quarta-feira com a participação de vereadores, deputados estaduais, do senador Wellington Fagundes (PL) e do prefeito José Carlos do Pátio (SD), que está em Brasília.

    “Foi uma reunião muito produtiva e estou bastante otimista. A união com a ACIR dá força ao nosso movimento e todos nós – empresários, promotores de eventos, músicos e trabalhadores noturnos – estamos ansiosos pelo atendimento dessas reivindicações”, disse a presidente do Sindebares/Sul MT, Neth Moura.

    A deputada Janaína Riva, que participou por videoconferência, disse que levará o assunto à Assembleia Legislativa e demonstrou preocupação com a situação.

    “A quantidade de bares e restaurantes que estão fechando as portas e o número de desempregados no setor tem trazido espanto para todos nós. Precisamos assegurar que as empresas tenham no mínimo condições de subsistência, para pagar os funcionários e os custos fixos. E funcionando só até as 20 horas isso é impossível”, ponderou Janaína.

    Imagem: Dep Janaina Riva Vereadores e deputados vão mediar acordo para reduzir restrições ao comércio
    A deputada Janaina Riva participou por videoconferência e defendeu o atendimento às reivindicações – Varlei Cordova / AGORA MT

    A parlamentar se comprometeu a buscar o apoio dos colegas e sugeriu que as negociações sejam feitas de forma pacífica, com base nos argumentos.

    “Queremos resolver o problema e não criar mais confusão. Conheço bem o prefeito José Carlos do Pátio e, por isso, digo que precisamos apresentar argumentos sólidos para convencê-lo – até porque ele está seguindo uma tendência majoritária no Ministério Público e no Poder Judiciário”.

    VEREADORES
    Os vereadores Jonas Rodrigues (SD), Beto do Amendoim (PTB), Adonias Fernandes (MDB), Cido Silva (PSC), Paulo Schuh (DC) e Kalinka Meireles (Republicanos) ouviram os representantes e também hipotecaram apoio ao setor. No entanto, eles ponderaram que é preciso assegurar o apoio integral do Poder Legislativo para dar força à proposta.

    Imagem: vereadors neth Vereadores e deputados vão mediar acordo para reduzir restrições ao comércio
    Vereadores vão levar o assunto para a sessão ordinária de hoje e podem convocar reunião do Comitê de Crise – Foto: Divulgação

    “Uma coisa é o apoio isolado, outra é um posicionamento institucional da Câmara Municipal. Vamos levar as reivindicações para a sessão e tentaremos organizar a convocação de uma reunião com o Executivo e o Comitê Gestor de Crise para avaliar estas mudanças na quinta-feira – quando o prefeito já estará na cidade”, explicou Adonias Fernandes.

    O setor de bares e restaurantes foi um dos mais atingidos pela crise causada pela pandemia de Covid-19. Por causa das interdições e da limitação no horário de funcionamento, muitas empresas já fecharam as portas e a maioria tem encontrado dificuldades para se manter.

    Conforme o Sindebares/Sul-MT desde o início da pandemia foram registradas mais de 700 demissões só no município de Rondonópolis.