04 de agosto de 2021
Mais
    Capa Notícias Política Bolsonaro diz que Sinovac ofereceu vacina pela metade do preço
    POLÍTICA

    Bolsonaro diz que Sinovac ofereceu vacina pela metade do preço

    Presidente disse que a laboratório que produz a CoronaVac entrou em contato com o governo para vender imunizantes por US$ 5

    Imagem: bolsonaro diz que coronavac esta sendo rejeitada 22072021094820096 Bolsonaro diz que Sinovac ofereceu vacina pela metade do preço
    Presidente Jair Bolsonaro – Foto: FACEBOOK / DIVULGAÇÃO 22-07-2021

    O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (22) que o laboratório chinês Sinovac ofereceu ao governo federal a vacina CoronaVac pela metade do preço cobrado pelo Instituto Butantan.

    Segundo Bolsonaro, o governo enviou a proposta à CGU (Controladoria-Geral da União), ao Ministério da Justiça e ao Tribunal de Contas da União para apurar por que existe essa diferença nos preços e se há irregularidade no acordo de aquisição da vacinas.

    “Por que a matriz nos oferece a vacina pronta a US$ 5 e eles, Butantan, ao receber o IFA da China, nos revende a US$ 10, pode ser que não haja nada de errado nisso tudo, mas o Butantan nunca nos apresentou a planilha de preço. Pelo que tudo indica no momento é algo assustador.”

    O Instituto Butantan, que também teria sido acionado para se explicar, costuma dizer que o preço de US$ 10 inclui não só o preço do imunizante, mas também o armazenamento e o transporte do produto.

    O chefe do Executivo afirmou que o governo não respondeu à Sinovac. “Vou conversar de novo com o [ministro da Saúde, Marcelo] Queiroga hoje, mas antes vamos investigar.”

    “Não vou comprar algo que a população não quer tomar”, disse o presidente, dando a entender que a CoronaVac não tem qualidade e é rejeitada pelos brasileiros.

    Bolsonaro citou que “a CoronaVac não deu certo no Chile” e, por isso, talvez não desperte mais o interesse do governo federal.

    “Em São Paulo, o pessoal pergunta [antes de se vacinar] qual vacina está disponível, e se é CoronaVac, a tendência é não tomar.”

    Ele declarou que se o governo chegar à conclusão de que vale a pena investir na CoronaVac, a proposta da China pela metade do preço pode interessar.

    “Não estou acusando de corrupção, de desvio, de nada, apenas uma documentação que chega aqui e nos traz enorme preocupação do que acontece no Butantan”, disse Bolsonaro.