01 de agosto de 2021
Mais
    Capa Notícias Brasil MP denuncia 13 PMs por morte de jovens em favela de Paraisópolis
    INVESTIGAÇÃO

    MP denuncia 13 PMs por morte de jovens em favela de Paraisópolis

    Agentes agrediram as vítimas com cassetete, garrafas, bastões de ferro e gás de pimenta. Um dos policiais lançou um morteiro

    Imagem: Vitimas que morreram na favela MP denuncia 13 PMs por morte de jovens em favela de Paraisópolis
    REPRODUÇÃO

    Treze policiais militares foram denunciados por envolvimento na morte de jovens na dispersão de um baile funk em Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, durante a chamada Operação Pancadão, em 1º de dezembro de 2019.

    A Promotoria de Justiça do I Tribunal do Júri da Capital denunciou 12 deles por homicídio e o 13º por crime de colocar a vida alheia em perigo mediante explosão.

    Na ocasião, os frequentadores da festa foram abordados com violência pelos denunciados. De acordo com a denúncia, os PMs agrediram os jovens com golpes de cassetete, garrafas, bastões de ferro e gás de pimenta. Um dos policiais lançou um morteiro contra a multidão.

    Além da condenação, o MPSP pede que seja fixado um valor mínimo para reparação de danos materiais e morais.