Mais
    AgoraMT Editoriais Santiago do Norte Em meio à crise, cidade projetada com foco no agronegócio se desenvolve...
    NOVA CIDADE PROJETADA EM MT

    Em meio à crise, cidade projetada com foco no agronegócio se desenvolve no meio de Mato Grosso

    Imagem: Imagem Principal Em meio à crise, cidade projetada com foco no agronegócio se desenvolve no meio de Mato Grosso

    O Brasil enfrentou uma das maiores crises econômicas da sua história. Na verdade, o mundo todo está em crise. Quem iria imaginar, que de uma hora para a outra, seríamos privados de seguir com nossa rotina e nos preocupar com um inimigo invisível? Muitos brasileiros perderam empregos, os negócios fecharam. Mas, felizmente, já conseguimos ver no horizonte o semblante da recuperação.

    O Brasil fechou o primeiro trimestre de 2021 com o crescimento na economia de 1,2%, em comparação aos três meses anteriores. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Um dos principais motores para o aquecimento da economia foi a venda externa de produtos agropecuários, com crescimento de 24,4%. Só o estado do Mato Grosso, foi responsável por mais de 10 milhões de toneladas de soja exportadas até abril, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia.

    O Eldorado da Soja

    Desde o século 16, várias cidades brasileiras cresceram proporcionalmente ao desenvolvimento da matéria-prima existente em seus territórios. Aconteceu assim com o ouro, a borracha, o café e agora a soja. Milhares de brasileiros migram, todos os anos, para o centro-oeste do país em busca de uma vida melhor através da riqueza da soja.

    “Localizado a 500 km de Cuiabá, capital do estado, o bairro de Santiago do Norte, município de Paranatinga, está preparado para se tornar a mais nova cidade no coração mato-grossense. São mais de sete mil hectares planejados para receber famílias e empreendimentos.”

    Mais de duas mil pessoas já recomeçaram suas vidas em Santiago do Norte buscando por oportunidades e qualidade de vida. A maioria delas, vindas do sul do país, como a diretora da escola Manuela Pacheco, que chegou no bairro em 2006. No início, o lugar contava com apenas 3 horas de energia elétrica por dia, hoje a escola atende mais de 300 crianças e foi construída pelos próprios moradores. Motivo de orgulho no local.

    O restaurante principal do bairro, construído por Marcondes de Campos e sua esposa Claudiana Cestari, já chegou a lucrar cinco salários mínimos. “Aqui a gente não precisa de muito para viver e ainda conseguimos guardar dinheiro”, afirma Marcondes.

    O projeto audacioso de cidade foi idealizado pelo fazendeiro Odir Nicolodi, que dividiu em lotes planejados, os mais de sete mil hectares da fazenda da sua família para concretizar a cidade de Santiago do Norte. Distante 158 quilômetros da sede do município, Santiago é uma zona de oportunidades à espera de desbravadores, que assim como no passado, construíram nosso país.

    CASA DE FERREIRO...

    MP decide elaborar código de ética para promotores e procuradores

    A Proposta de Emenda Constitucional que alterava a composição do Conselho Nacional do Ministério Público (PEC 5) foi barrada nesta semana na Câmara dos...
    REFIS E REGULARIZE

    Renegociações permitiram que Mato Grosso recuperasse R$ 1,1 bilhão em três anos

    O Governo de Mato Grosso recuperou nos últimos três anos R$ 1,1 bilhão de dívida ativa, conforme levantamento feito pela Procuradoria Geral do Estado...
    JACIARA

    Polícia aborda van e prende 4 que transportavam drogas entre Rondonópolis e Cuiabá

    Quatro pessoas foram presas na noite deste sábado (24) em Jaciara em mais uma ação da Polícia Militar. Elas transportavam mais de 5kg de...
    DISPUTA EM 2022

    Janaina: “Não há sangria desatada para o MDB compor com Mendes”

    Uma das principais lideranças do MDB em Mato Grosso, a deputada estadual Janaina Riva (MDB) afirmou que o partido não trabalha tendo como prioridade...

    Editoriais