Agora MT Manchetes Galvan diz que não incentivou depredação, nem financia atos “antidemocráticos”  
DEPOIMENTO À PF

Galvan diz que não incentivou depredação, nem financia atos “antidemocráticos”  

Na última terça-feira ele prestou depoimento à PF e hoje pela manhã conversou com a imprensa

Por Camila Ribeiro

Imagem: Antonio Galvan presidente da Aprosoja
O produtor Antonio Galvan, alvo do STF – Foto: Welington Sabino / AGORA MATO GROSSO

O presidente da Aprosoja Brasil, Antonio Galvan, afirmou não incentivar qualquer tipo de ameaça a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), tampouco depredação em sedes dos Poderes.

No último dia 20, ele foi alvo de uma operação da Polícia Federal, atendendo a uma decisão do ministro Alexandre de Moraes. Galvan e demais alvos são acusados de supostos crimes de ameaça contra a democracia e a ministros do Supremo.

Na manhã desta quinta-feira (26), um dia após prestar depoimento à PF, ele deu uma entrevista coletiva à imprensa, por meio da plataforma zoom.

Na ocasião, o produtor foi questionado, por exemplo, sobre um áudio do cantor Sérgio Reis – também alvo da PF – em que ele diz que “se em 30 dias não tirarem os caras [ministros] nós vamos invadir, quebrar tudo e tirar os caras na marra. Pronto. É assim que vai ser. E a coisa tá séria”.

“Nosso movimento ‘Brasil Verde e Amarelo’ nunca incentivou depredação, nunca incentivou qualquer tipo de ameaça e não compactua com tais declarações. Cada um que as faz tem que ser responsável por elas”, disse Galvan.

“Defendemos o direito de ir e vir e de falar. O pessoal em nossos movimentos é ordeiro e respeita o que está nas quatro linhas da Constituição”, emendou ele.

O presidente – que também já comandou a Aprosoja Mato Grosso – voltou a criticar a decisão do ministro Alexandre de Moraes, a qual ele classifica como “arbitrária”.

“Meus advogados estão entrando com uma cautelar para derrubar essa decisão totalmente arbitrária. Acabaram me envolvendo só pelo fato de o cantor Sérgio Reis ter vindo fazer uma visita à sede da Aprosoja Brasil quando estávamos aqui em assembleia. Aparecemos em algumas fotos e vídeos com ele e a partir daí, tolheram meu direito”.

Financiamento de atos

Ainda durante a coletiva, Antônio Galvan negou ser um dos financiadores de movimentos que devem acontecer no País no próximo dia 7 – data em que é celebrada a Independência do Brasil – e que foram classificados pelo ministro Alexandre de Moraes como “atos antidemocráticos”.

“Ontem deixei muito claro durante o depoimento a forma que são feitas essas arrecadações. Sempre que existe um movimento, [a doação] é espontânea de cada um do nosso setor, assim como do próprio comércio. Uma ajuda de cada vai fazendo um caixa para pagar esses movimentos, que seriam ônibus, alimentação. Mas isso é rateado como um todo”, disse.

“Nunca passou por dentro da Aprosoja Brasil um único centavo pago para fomentar ou fazer qualquer coisa sobre esses movimentos. Nunca contribuí de maneira nenhuma. Por mais que sou produtor rural e possa contribuir com dinheiro do meu próprio bolso, como muitos contribuíram. Não contribuí e minhas contas estão abertas para Justiça”, concluiu.

Relacionadas

Estadualização de rodovia que liga Rondonópolis ao Distrito de Campo Limpo é aprovada

O Projeto de lei nº 1438/2023 de autoria do deputado estadual Cláudio Ferreira (PL), pré-candidato à Prefeitura de Rondonópolis, que prevê a estadualização da...

Inscrições para o processo seletivo de professores do Pronatec terminam nesta sexta-feira (24)

Termina nesta sexta-feira (24) o prazo de inscrições para cadastro reserva de professores bolsistas nos cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) e Curso...

Segunda-feira (27) começa vacinação contra poliomielite

A partir da próxima segunda-feira, 27 de maio, as unidades de saúde estarão com as atenções voltadas para as crianças com o início da...

Quarta-feira deve ser ainda mais fria e mínima pode chegar a 12°C em Rondonópolis

A próxima quarta-feira (29) será fria em Rondonópolis. Segundo previsão do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas...

INSS começa a pagar nesta sexta décimo terceiro antecipado

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber nesta sexta-feira (24) a segunda parcela do décimo terceiro. Até...

Lula diz que tendência é vetar proposta que acaba com isenção de importações de até US$ 50

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira (23) que a tendência é de que ele vete uma proposta em análise pelo...

Thiago cobra atendimento a servidores do plano MT Saúde de Rondonópolis

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) ao receber denúncias de servidores públicos pela falta de cobertura assistencial do plano de saúde do Instituto Mato...

Polícia Penal localiza dezenas de celulares, chips e carregadores escondidos em blocos de concreto

O Serviço de Operações Especializadas (SOE) da Polícia Penal apreendeu dezenas de materiais eletrônicos na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, na manhã...

Temperatura deve ficar mais amena em Rondonópolis a partir de sábado (25)

Para quem gosta de um clima mais ameno, vem boa notícia por aí. Segundo os sites especializados, a partir de sábado (25), a temperatura...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas