Mais
    AgoraMT Economia Ministros da Casa Civil discutem reajuste do Bolsa Família
    BENEFÍCIO

    Ministros da Casa Civil discutem reajuste do Bolsa Família

    Em reunião nesta segunda-feira, quatro ministros apresentaram as propostas aos presidentes da Câmara e do Senado

    Imagem: Ministros da Casa Civil Ministros da Casa Civil discutem reajuste do Bolsa Família
    Reprodução

    Os ministros da Casa Civil, Ciro Nogueira, da Cidadania, João Roma, e da Economia, Paulo Guedes, discutiram o novo Bolsa Família com os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), em reunião nesta segunda-feira (2). Também participou do encontro na residência oficial do presidente do Senado, em Brasília, a ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda.

    A proposta de reajuste foi analisada pelo Ministério da Economia e elaborada Ministério da Cidadania. Uma Medida Provisória com a criação de um novo programa social para substituir o Bolsa Família é preparada para esta semana. O valor do benefício pode chegar até a R$ 400.

    “A Medida Provisória reestrutura o programa social, o novo formato de ação do programa de transferência de renda do governo federal”, explica o ministro João Roma, que afirmou também que o valor não vai ultrapassar o teto de gastos.

    O governo pretende mudar o nome do programa social. Uma das sugestões em estudo é o nome de Auxílio Brasil. A Medida Provisória que vai criar o programa nao deve tratar ainda do novo valor que depende de recursos.

    Uma das possibilidades será a PEC (Proposta de Emenda à Constituição), a ser apresentada nos próximos dias, que faz um ajuste nas regras de parcelamento dos precatórios, ampliando a possibilidade de parcelamento já prevista na Constituição Federal. A ideia é permitir que o governo parcele precatórios, dívidas judiciais, acima de R$ 66 milhões. A medida visa reequilibrar as contas e abrir espaço para o novo Bolsa Família.

    A proposta de reformulação do Bolsa Família é a aposta do governo para melhorar a popularidade do presidente Jair Bolsonaro.

    O presidente Jair Bolsonaro defendeu que o programa pagasse R$ 300. Mas muitas famílias, dependendo das condicionantes como renda, quantidade de pessoas e o número de filhos, vão ultrapassar esses valores. O programa social não tem um valor fixo, é calculado de acordo com cada família.

    A proposta do Ministério da Cidadania, comandado por João Roma, que foi analisada pelo Ministério da Economia, é de que o valor mínimo seja elevado para pelo menos R$ 250. O Ministro Paulo Guedes já disse que há espaço no orçamento para acomodar a despesa após o fim do auxílio emergencial.

    Caso os valores sejam confirmados, famílias que hoje recebem R$ 182 passarão para o patamar de R$ 250, terão um reajuste de 37,7%. Aqueles que receberão R$ 300 ou mais terão um reajuste de 64,8%. A ideia é combater os efeitos da inflação que atingiu principalmente os mais pobres.

    Importantes

    A VOZ DOS BAIRROS

    Deputado Thiago Silva realiza Gabinete Itinerante no Conjunto São José

    O deputado estadual Thiago Silva (MDB) atenderá com o seu Gabinete Itinerante neste sábado (18) das 8h às 12h no Conjunto São José, Avenida...
    NOVA FERROVIA

    Wellington e Bolsonaro destacam parceria em lançamento de obras da FICO

    “O lançamento desta obra representa o ressurgimento do modal ferroviário no país”. A avaliação é do senador Wellington Fagundes (PL-MT), durante o lançamento, nesta...
    REVIRAVOLTA NA AL?

    Gilmar Mendes vota por retorno de Botelho à presidência

    Em julgamento nesta sexta-feira (17), o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), se posicionou pelo retorno do deputado estadual Eduardo Botelho (DEM)...
    CUMPRIMENTO DE MANDADO

    DHPP prende dono de oficina acusado de tentativa de homicídio contra cliente

    O autor de uma tentativa de homicídio foi preso nesta sexta-feira (17), por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa de Rondonópolis–MT. A...
    RESQUÍCIOS DE ELEIÇÃO

    Ex-adversária, Gisela diz que Emanuel faz política “do poder pelo poder”

    Presidente do PROS em Cuiabá, a advogada Gisela Simona não poupou críticas à gestão do prefeito da Capital Emanuel Pinheiro (MDB) e à forma...
    CIDADE AGORA

    TV Cidade Record estreia ‘Porta Maluca’, quadro especial para o Dia das Crianças

    Inspirado no clássico ‘Porta dos Desesperados’ do ícone Sérgio Mallandro, a TV Cidade, afiliada da RecordTV em Rondonópolis-MT, estreou nesta sexta-feira (17) a ‘Porta...
    GUIRATINGA

    Investigadores tiram drogas de circulação e prende em flagrante indivíduo no bairro Tancredo Neves

    Um indivíduo foi preso em flagrante nesta sexta-feira (17) suspeito da prática de tráfico de droga, no bairro Tancredo Neves em Guiratinga – MT. Após...
    CANDIDATO POR MT

    Tarcísio diz que fará o melhor para Bolsonaro: “‘tô’ de coração aberto”

    O ministro dos Transportes Tarcísio de Freitas afirmou que os aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) têm como prioridade a reeleição do político. Neste...
    ALTO ARAGUAIA

    Polícia Civil prende suspeito e recupera objetos roubados

    Polícia Civil recupera objetos roubados no Estado de Goiás, e prende homem pelo crime de Receptação em Alto Araguaia-MT. Na noite do último dia 15/09...

    Ferrovia é o modal mais eficiente para o agronegócio brasileiro

    O Brasil é o segundo maior exportador de grãos do mundo. Em 2020, 122 milhões de toneladas foram enviadas ao exterior. Para a próxima...
    “FEDERAÇÃO PARTIDÁRIA”

    Maior site jurídico do País repercute artigo de advogados de MT

    O Consultor Jurídico, popularmente conhecido como Conjur – mais influente site sobre Justiça e Direito em língua portuguesa – repercutiu, nesta terça-feira (17), um...

    Em meio à crise, cidade projetada com foco no agronegócio se desenvolve no meio de Mato Grosso

    O Brasil enfrentou uma das maiores crises econômicas da sua história. Na verdade, o mundo todo está em crise. Quem iria imaginar, que de...
    APOSENTADOS OU PENSIONISTAS

    Saiba como se livrar do Imposto de Renda com a Agiliza Isenções

    O benefício é um direto daqueles que possuem alguma doença grave ou que sejam portadoras de alguma deficiência (PCD). Confira abaixo quais são elas O Imposto...

    Editoriais