Mais
    AgoraMT Destaques Operação Amazônia | Mais de R$ 900 milhões em multas são aplicadas...
    MATO GROSSO

    Operação Amazônia | Mais de R$ 900 milhões em multas são aplicadas em 7 meses

    A ação integra órgãos estaduais e federais

    Imagem: CLAS9682 Operação Amazônia | Mais de R$ 900 milhões em multas são aplicadas em 7 meses
    Operação Amazônia fiscaliza municípios que mais desmatam em Mato Grosso – Foto por: Christiano Antonucci

    O Estado de Mato Grosso aplicou R$ 979 milhões em multas e embargou 240 mil hectares por crimes contra a flora nos primeiros sete meses de 2021, durante a Operação Amazônia, que integra órgãos estaduais e federais, sob a coordenação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT).

    A operação Amazônia tem como instrumentos o reforço das forças de Segurança, monitoramento em tempo real por satélite de todo o território de Mato Grosso, fiscalização contínua no local onde é identificado o crime ambiental, embargo de áreas, apreensão e remoção de maquinários flagrados em uso para o crime e a responsabilização de infratores.

    Do total de autuações, R$881 milhões foram aplicadas pela Sema, por meio da Gerência de Planejamento de Fiscalização e Combate ao Desmatamento, Coordenadoria de Fiscalização de Flora e pelas Regionais. O Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA) aplicou R$ 61,6 milhões em multas e o Batalhão de Emergências Ambientais do Corpo de Bombeiros (BEA) R$36,7 milhões.

    Imagem: CLAS9698 Operação Amazônia | Mais de R$ 900 milhões em multas são aplicadas em 7 meses
    Operação Amazônia fiscaliza municípios que mais desmatam em Mato Grosso – Foto por: assessoria

    O combate ao desmatamento ilegal faz parte da política pública do Governo do Estado de Mato Grosso de tolerância zero para transgressões às leis ambientais. O Estado investe este ano R$ 73 milhões em ações de prevenção e combate aos incêndios florestais e desmatamento ilegal, o maior investimento na área ambiental já feito. As frentes para aplicação do recurso são gestão, monitoramento, responsabilização, fiscalização, prevenção e combate, proteção de fauna e comunicação.

    A Sema utiliza, além da fiscalização em campo, a Plataforma de Monitoramento da Cobertura Vegetal, que utiliza Imagens de Satélite Planet no combate ao desmatamento ilegal. A ferramenta, contratada pelo REM, age de forma preventiva, minimiza os danos, aumenta a celeridade na resposta, facilita a responsabilização e permite o embargo da área de forma imediata por meio do monitoramento diário e alertas semanais de desmatamento. Foram atendidos este ano 7683 alertas.

    FISCALIZAÇÃO

    Imagem: CLAS9739 Operação Amazônia | Mais de R$ 900 milhões em multas são aplicadas em 7 meses
    Operação Amazônia fiscaliza municípios que mais desmatam em Mato Grosso – Foto por: assessoria

    Os municípios com mais alertas de irregularidades ambientais atendidos pelas equipes de fiscalização da Sema, a partir das Imagens de Satélite Planet, são Juara, Juína, Aripuanã, Peixoto de Azevedo, Apiacás, Juruena, Terra Nova do Norte, Paranaíta, Itanhangá e Colniza.

    Já os municípios com maiores índices de multa são Colniza, Marcelândia, Nova Maringá, Itanhangá, Poconé, Aripuanã, Peixoto de Azevedo, Apiacás, União do Sul e Cláudia. As maiores incidências em infrações são desmatamento, exploração florestal, fiscalização em área embargada e queimadas.

    Foram apreendidos até o momento, em 2021, 63 tratores pneu, 121 tratores esteira, 113 ferramentas ou acessórios, 75 motossera, 57 veículos, 800 gado, 29 armas de fogo e 39 pessoas foram conduzidas à delegacia. Os maquinários de porte médio e pesado e outros acessórios rurais flagrados na prática de crimes ambientais são removidos do local, efetivando a responsabilização, já que a apreensão de bens promove a descapitalização do infrator.

    Combate aos incêndios florestais

    Dos R$ 73 milhões investidos pelo estado em ações de prevenção e combate aos incêndios florestais e desmatamento ilegal, R$ 43 milhões são exclusivamente contra os incêndios. O governo estadual adquiriu um helicóptero exclusivo para o combate aos crimes ambientais e investiu em caminhões pipas e drones. Também foram feitos aceiros em pontos estratégicos e a sinalização de estradas com placas de orientação contra as queimadas.

    Para o enfrentamento aos focos de calor, o Estado antecipou em 15 dias o período proibitivo do fogo, que começou no dia 1º de julho e vai até o dia 30 de outubro. A fase de resposta à Temporada de Incêndios Florestais (TIF) e desmatamento ilegal tem o emprego imediato de 80 viaturas, investimento de R$ 2,2 milhões em equipamentos de segurança e reforço das operações do Corpo de Bombeiros Militar nas localidades mais atingidas pelos incêndios.

    Houve uma redução de 88,42% nos focos de calor identificados no Pantanal de Mato Grosso, em comparação com o mesmo período do ano passado. No Bioma Cerrado a redução foi de 18,4%, e na Amazônia, de 6,87%. O dado é do Informativo de Focos de Calor que compilou os dados de satélite do INPE entre os dias 1º de janeiro e 25 de julho. O documento é elaborado pelo CBM-MT em parceria com o Batalhão de Emergências Ambientais (BEA).

    Importantes

    DECISÃO DO STF

    Contato com povos indígenas isolados permanece proibido por causa da covid

    O Supremo Tribunal Federal (STF) reiterou nesta semana o ingresso de qualquer pessoa em áreas indígenas habitadas por povos isolados no território nacional. A...
    FERROVIA DA INDÚSTRIA

    “É o projeto ferroviário que mais apoia o crescimento industrial do nosso Estado”

    A construção da 1ª Ferrovia Estadual de Mato Grosso, ligando os municípios de Lucas do Rio Verde e Cuiabá até Rondonópolis, será de grande...
    PARADESPORTO

    Esportistas de Mato Grosso disputam Superliga da Europa de Goalball

    Integrantes de equipes mato-grossenses, os atletas paralímpicos Romário Marques e Carol Duarte, e o técnico Altemir Trapp participarão da Superliga da Europa de Goalball,...
    SAÚDE

    Covid-19 | Rio tem queda de 30% no número de óbitos por SRAG

    O Mapa de Risco da Covid-19, divulgado nesta sexta-feira (24), indica uma queda de 30% no número de óbitos provocados pela covid-19 e uma...
    PEIXOTO DE AZEVEDO

    Homem que cometeu abusos sexuais contra afilhada é preso

    Um homem que praticou abusos contra a afilhada foi preso pela Polícia Civil, em Peixoto de Azevedo (MT), depois que Delegacia do município foi...
    INFLAÇÃO

    Milho dispara 50% em um ano e encarece carne de frango e ovos

    Opções de proteína mais baratas do que as carnes vermelhas, o frango e os ovos não têm aliviado o bolso das famílias e também...
    ALTA FLORESTA

    Crianças mantidas em cárcere privado pelo próprio pai são resgatadas pela PC

    A Polícia Civil em Alta Floresta (MT) conduziu as negociações de uma ocorrência de cárcere privado e violência doméstica e libertou quatro vítimas que...
    EVOLUÇÃO

    Caixa lança nova versão do aplicativo Bolsa Família

    Os beneficiários do Bolsa Família têm à disposição a nova versão do aplicativo do programa. A principal mudança consiste no acesso, que passa a...
    AVENIDA DOS ESTUDANTES

    Motorista de caminhonete bate em traseira de moto e foge do local

    Um acidente entre caminhonete e uma motocicleta de cor preta aconteceu na noite desta sexta-feira (24) no bairro Sagrada Família em Rondonópolis-MT. De acordo com...

    Ferrovia é o modal mais eficiente para o agronegócio brasileiro

    O Brasil é o segundo maior exportador de grãos do mundo. Em 2020, 122 milhões de toneladas foram enviadas ao exterior. Para a próxima...
    “FEDERAÇÃO PARTIDÁRIA”

    Maior site jurídico do País repercute artigo de advogados de MT

    O Consultor Jurídico, popularmente conhecido como Conjur – mais influente site sobre Justiça e Direito em língua portuguesa – repercutiu, nesta terça-feira (17), um...

    Em meio à crise, cidade projetada com foco no agronegócio se desenvolve no meio de Mato Grosso

    O Brasil enfrentou uma das maiores crises econômicas da sua história. Na verdade, o mundo todo está em crise. Quem iria imaginar, que de...
    APOSENTADOS OU PENSIONISTAS

    Saiba como se livrar do Imposto de Renda com a Agiliza Isenções

    O benefício é um direto daqueles que possuem alguma doença grave ou que sejam portadoras de alguma deficiência (PCD). Confira abaixo quais são elas O Imposto...

    Editoriais