Mais
    AgoraMT Notícias 5 perguntas sobre a terceira dose das vacinas de Covid-19 respondidas
    SAÚDE

    5 perguntas sobre a terceira dose das vacinas de Covid-19 respondidas

    Especialista explica seus benefícios, para quem é direcionada e as medidas de proteção após a imunização completa

    Até o dia 24 de agosto, mais de 220 milhões de doses das vacinas contra a Covid-19 já haviam sido distribuídas entre os estados brasileiros, com cerca 180 milhões de doses aplicadas entre primeiras e segundas doses ou dose única, segundo nota da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covida-19 do Ministério da Saúde. O avanço da vacinação em território nacional está acelerado e é responsável pela diminuição de 70% das mortes, sendo que a população de 60 anos ou mais apresenta 100% de cobertura para primeira dose e cobertura muito próximo a isso para a segunda.

    São números animadores, mas que ainda não protegem a população completamente, especialmente com a ascensão de novas variantes no mundo todo. Por essas e outras, a vacinação com a terceira dose de imunizantes se iniciou na população idosa e, até a segunda quinzena de setembro de 2021, está em vias de começar para os profissionais da saúde. De acordo com a Profª Drª. Raquel Xavier de Souza Saitodocente do curso de graduação em enfermagem da Faculdade Santa Marcelina, dependendo da evolução da epidemia no País, bem como o surgimento de novas evidências científicas, a administração de doses adicionais para outros grupos poderá ser considerada.

    Com a eminência dessa nova realidade, a especialista respondeu cinco questões sobre o tema para que a população possa se preparar e estar devidamente imunizada e segura contra a pandemia do coronavírus.

    Quais os benefícios da terceira dose da vacina?

    São dois os principais fatores que justificam o usa da terceira dose de vacinas contra COVID-19. Primeiramente, dados comprovam uma queda progressiva de proteção imunológica entre os idosos acima de 70 anos e, particularmente, acima de 80 anos. Logo, uma terceira dose poderia prolongar a proteção. Em segundo lugar, pessoas com alto grau de imunocomprometimento tendem a apresentar resposta imunológica reduzida e, nesse caso, uma terceira dose aumentaria essa resposta. “Recomendações sinalizam que, a vacina a ser utilizada para a dose adicional deverá ser, preferencialmente, de RNA mensageiro, como Pfizer e Wyeth, ou, de maneira alternativa, vacina de vetor viral, como Janssen ou AstraZeneca”, explica a docente.

    Qual o intervalo entre a segunda e terceira dose?

    O intervalo recomendado pelo Ministério da Saúde é de seis meses após a segunda dose ou dose única, independentemente do imunizante aplicado. Para indivíduos imunocomprometidos, esse período de intervalo deverá ser menor: somente 30 dias.

    Teremos que tomar uma nova dose de vacina todos os anos?

    A exemplo da vacina da gripe, pode ser necessária uma dose anual de imunizante para manter o controle da doença. “Isso deverá se repetir até que o vírus seja devidamente erradicado, ou seja, até que, depois de várias vacinações coletivas, não se observe mais a ocorrência da infecção na população de uma determinada região” afirma Raquel.

    A necessidade de uma terceira dose significa que ainda não estamos seguros?

    A terceira dose é considerada uma dose de reforço, que busca reduzir qualquer interferência em um conjunto de variáveis, como esclarece a professora. “Uma vacina, para que tenha efetividade, depende de vários fatores: comportamento de replicação viral, conservação, imunidade e capacidade de resposta do indivíduo. A terceira dose vem para fortalecer esses fatores”.

    E depois da terceira dose? Quais serão as medidas de proteção?

    A utilização de máscaras poderá seguir vigente, especialmente entre pessoas que apresentem síndrome gripal – essa deverá ser uma regra de etiqueta a ser adotada. E, como nenhuma vacina tem eficácia de 100% para a prevenção de qualquer doença, as medidas de proteção já conhecidas poderão seguir em avaliação. “Distanciamento social, uso de máscaras, higienização das mãos, limpeza e desinfecção de ambientes e isolamento de casos suspeitos e confirmados conforme orientações médicas são medidas que, quando utilizadas de forma integrada, favorecem o controle da transmissão da Covid-19 e suas variantes”, finaliza a doutora.

     

    Importantes

    LEI ORÇAMENTÁRIA

    Deputados federais terão até R$ 17,6 milhões para emendas, prazo começa amanhã

    A Comissão Mista de Orçamento (CMO) começará nesta segunda-feira (25) a receber emendas ao projeto de lei orçamentária para o ano que vem (PLN...
    AUMENTO

    Frio e seca deixam frutas e legumes mais caros nos supermercados

    A Apas (Associação Paulista de Supermercados) trouxe más notícias na sexta-feira (22) para os consumidores que têm o hábito de se alimentar de forma...
    CONTROLE DAS EMOÇÕES

    Confira seis dicas práticas e fáceis para combater a ansiedade

    A pandemia não alterou apenas as rotinas das pessoas no dia a dia – também interferiu de maneira decisiva, e negativa, nas suas emoções...
    CERVEJA

    Conheça a origem de uma das bebidas mais antigas do mundo

    A cerveja é uma das bebidas mais consumidas em todo o mundo, inclusive no Brasil, país em que 68,6% de sua população consome tal...
    NA CONVENIÊNCIA

    Funcionário leva choque elétrico e perde a consciência ao fazer limpeza de freezer

    O funcionário de uma conveniência no centro de Rondonópolis foi socorrido pelo Samu na noite deste sábado (23) após levar um choque elétrico e...
    MENOR TAXA

    Rondonópolis chega a dez dias sem óbitos decorrentes da Covid-19

    Com o avanço da vacinação, Rondonópolis tem registrado cada vez menos casos de Covid-19. A notícia foi dada pelo secretário de Saúde, Vinícius Amoroso...
    SOCORRIDA PELO SAMU

    Motociclista faz cruzamento proibido e acaba ferida em batida com carro

    Um acidente envolvendo uma motocicleta e um carro foi registrado neste sábado da Vila Operária. A batida foi no cruzamento da rua Claudemiro dos...
    A PARTIR DE 2022

    Áustria apresenta proposta para legalizar o suicídio assistido

    O governo austríaco apresentou neste sábado (23) sua proposta para legalizar o suicídio assistido a partir de 2022, em resposta a uma decisão judicial,...
    PROTOCOLO

    Governo autoriza retorno do público aos estádios com comprovante de vacinação ou teste negativo

    O Governo de Mato Grosso autorizou a presença de público pagante nos jogos do Campeonato Brasileiro realizados na Arena Pantanal. O retorno do público...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    Nova cidade do Mato-Grosso oferece oportunidade de empreendimentos e investimentos

    O Mato Grosso é o pilar do agronegócio no Brasil e tem este setor como responsável por 50% do Produto Interno Bruto (PIB) da...
    AMOR E SOLIDARIEDADE

    Projeto ‘Jardim de Deus’ atende crianças carentes e se mantém através de doações

    Um lugar para as crianças se alimentarem, conversarem e se sentirem acolhidas. Assim é conhecido pela vizinhança o salão em que funciona o ‘Projeto...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    No coração de Mato Grosso, Santiago do Norte é cenário de investimentos e desenvolvimento

    Em meio a uma das maiores crises sanitárias e econômicas de sua história, o Brasil procura alternativas para seguir crescendo economicamente. Na região central...
    FUTURO PROMISSOR

    Distrito planejado atrai empreendedores para interior do Mato Grosso

    O impacto do Mato Grosso na economia brasileira já não é novidade e cada vez mais o estado se torna parte fundamental no PIB...

    Editoriais