Mais
    AgoraMT Mundo Afeganistão: instituições denunciam violação dos direito das mulheres
    SOB NOVO COMANDO

    Afeganistão: instituições denunciam violação dos direito das mulheres

    Denúncias foram feitas por ONG e Universidade de San José

    Os talibãs estão cometendo graves violações dos direitos humanos contra as mulheres e jovens em Herat, no oeste do Afeganistão, denunciaram hoje (23) a Human Rights Watch (HRW) e a Universidade Estadual de San José (SJSU, a sigla em inglês).Imagem: ebc Afeganistão: instituições denunciam violação dos direito das mulheresImagem: ebc Afeganistão: instituições denunciam violação dos direito das mulheresSegundo a HRW e o Instituto de Direitos Humanos da SJSU, desde que assumiram o controle da cidade, em 12 de agosto de 2021, os talibãs em Herat negam às mulheres a liberdade de movimento fora de suas casas, impõe códigos de vestuário obrigatórios, restringem severamente o acesso ao emprego e à educação, além do direito à reunião pacífica.

    As mulheres de Herat disseram às duas organizações que as suas vidas foram completamente destruídas no dia em que os talibãs assumiram o controle da cidade.

    Essas mulheres trabalhavam fora de casa ou eram estudantes, desempenhavam funções ativas e frequentemente de liderança em suas comunidades.

    Elas afirmaram que estão enfrentando problemas econômicos devido à perda de rendimento e à incapacidade de trabalhar.

    As mulheres em Herat foram das primeiras a organizar protestos em defesa dos seus direitos, depois de os talibãs assumirem o controle de Cabul e de grande parte do país.

    Poucos dias após a tomada de Herat pelos talibãs, um grupo de mulheres pediu para se reunir com os líderes locais a fim de discutirem seus direitos e, vários dias depois, puderam encontrar-se com um representante do grupo islâmico.

    No entanto, o representante do novo governo foi inflexível e disse às mulheres para parassem de insistir na questão dos direitos e que, se apoiassem o grupo no poder, seriam recompensadas com anistia total pelas atividades anteriores, talvez até conseguissem cargos no governo.

    Após as manifestações em Herat, os talibãs proibiram protestos que não tinham aprovação prévia do Ministério da Justiça em Cabul. Determinaram que os organizadores incluíssem informações sobre o propósito de quaisquer protestos e as frases a serem usadas em quaisquer solicitações ao ministério.

    As mulheres entrevistadas pela HRW e pela SJSU manifestaram preocupação especial com o fato de os talibãs imporem novamente a política de exigir que tenham como companhia um mahram [familiar masculino] sempre que saírem de casa, como os talibãs fizeram quando estiveram no poder anteriormente, entre 1996 e 2001.

    Essa exigência afastou as mulheres da vida pública, isolou-as da educação, do emprego e da vida social, e dificultou a obtenção de cuidados de saúde, tornando-as completamente dependentes de membros da família do sexo masculino e impedindo-as de escapar caso sofressem abusos em casa.

    Zabiullah Mujahid, porta-voz dos talibãs, disse, em entrevista em Cabul no último dia 7, que estar acompanhado por um mahram só seria necessário para viagens de mais de três dias, não para atividades diárias, como ir ao trabalho, escola, compras, consultas médicas e outras necessidades.

    No entanto, as autoridades talibãs em Herat não têm sido consistentes na execução dessa política.

    A Human Rights Watch e o Instituto de Direitos Humanos SJSU fizeram entrevistas detalhadas por telefone com sete mulheres em Herat, incluindo ativistas, educadoras e estudantes universitárias sobre as suas experiências desde que os talibãs assumiram o controle da cidade. Todas elas falaram sob condição de anonimato, temendo pela sua segurança.

    Os talibãs voltaram ao poder em praticamente todo o Afeganistão em agosto, quando tomaram a capital, Cabul.

     

     

    Importantes

    OPORTUNIDADE

    Bolsa de valores brasileira oferece curso gratuito sobre como operar no mercado de ações

    A Hub de Educação Financeira da B3, plataforma educacional da bolsa de valores de São Paulo, a B3, está disponibilizando seis cursos gratuitos para...
    DEMANDA

    MP pede suspensão de Decreto que transfere ensino fundamental aos municípios

    O procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, ingressou com Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) requerendo, em pedido liminar, a suspensão dos efeitos do...
    SEM RESTRIÇÃO DE HORÁRIOS

    Em novo decreto, Stopa libera bares e restaurantes na Capital

    O prefeito em exercício de Cuiabá, José Roberto Stopa (PV), baixo um novo decreto liberando o funcionamento de diversos segmentos econômicos, entre os quais,...
    EMANUEL & ESQUEMAS NA SAÚDE

    Em novo afastamento, juiz aponta risco de “continuidade de práticas criminosas”

    A Justiça de Mato Grosso determinou um novo afastamento do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), de seu cargo. A decisão foi dada nesta...
    Informe Publicitário

    Conferência sobre o Estatuto do Pantanal

    https://www.youtube.com/watch?v=NrJTjRGwmRs
    MADEIRAS APREENDIDAS

    Recursos são destinados para qualificação de Polícia Ambiental

    Em Itiquira, município distante 361 Km de Cuiabá, recursos obtidos com a destinação de produtos madeireiros apreendidos e leiloados, algo em torno de R$...
    QUALIFICAÇÃO

    Parceria entre Prefeitura e Obra Kolping realiza curso de ‘Cozinha Trivial’

    Uma parceria entre a Prefeitura e a instituição Obra Kolping possibilitou a realização de um curso de formação em ‘Cozinha Trivial’ onde foram capacitadas...
    ESTAVA ALCOOLIZADO

    Motorista que “atropelou cruzes” responderá por direção perigosa e outros crimes

    A Polícia Civil identificou o motorista de um veículo Fox Vermelho que, na última segunda-feira (25), invadiu o canteiro central na avenida Historiador Rubens...
    EDUCAÇÃO

    Educadores participam de assembleia em Rondonópolis para discutir situação na rede estadual

    Cerca de 100 educadores participaram da Assembleia Geral realizada na manhã de hoje (27) pela subsede do Sintep em Rondonópolis. Conforme o sindicato, os...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    Nova cidade do Mato-Grosso oferece oportunidade de empreendimentos e investimentos

    O Mato Grosso é o pilar do agronegócio no Brasil e tem este setor como responsável por 50% do Produto Interno Bruto (PIB) da...
    AMOR E SOLIDARIEDADE

    Projeto ‘Jardim de Deus’ atende crianças carentes e se mantém através de doações

    Um lugar para as crianças se alimentarem, conversarem e se sentirem acolhidas. Assim é conhecido pela vizinhança o salão em que funciona o ‘Projeto...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    No coração de Mato Grosso, Santiago do Norte é cenário de investimentos e desenvolvimento

    Em meio a uma das maiores crises sanitárias e econômicas de sua história, o Brasil procura alternativas para seguir crescendo economicamente. Na região central...
    FUTURO PROMISSOR

    Distrito planejado atrai empreendedores para interior do Mato Grosso

    O impacto do Mato Grosso na economia brasileira já não é novidade e cada vez mais o estado se torna parte fundamental no PIB...

    Editoriais