Mais
    AgoraMT Destaques Botelho cita industrialização para Baixada Cuiabana; AL ajudará em qualificação de mão...
    FERROVIA & EMPREGOS

    Botelho cita industrialização para Baixada Cuiabana; AL ajudará em qualificação de mão de obra

    Estudos da Rumo indicam mais de 230 mil empregos gerados com a obra

    Imagem: Eduardo Botelho scaled Botelho cita industrialização para Baixada Cuiabana; AL ajudará em qualificação de mão de obra
    O deputado Eduardo Botelho, que citou industrialização com ferrovia – Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

    O deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) afirmou que o avanço dos trilhos para a Capital – por meio da construção da primeira ferrovia estadual em Mato Grosso – representará um avanço na industrialização de toda a baixada cuiabana.

    Com investimentos previstos em mais de R$ 11,2 bilhões, o modal vai interligar os municípios de Rondonópolis a Cuiabá, além de Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde.

    Os trilhos se conectarão, ainda, à malha ferroviária nacional, em direção ao Porto de Santos (SP).

    “A ferrovia nos dará a possibilidade de industrializarmos a região metropolitana de Cuiabá. A partir de então, poderemos baratear os produtos e insumos que aqui vem e os que saem daqui também. É um grande passo para a industrialização”, disse.

    A declaração foi dada na manhã desta segunda-feira (20), quando o governador Mauro Mendes (DEM) assinou o contrato de adesão junto à Rumo Logística S/A.

    A assinatura prevê a construção, implantação e exploração de 730 quilômetros da ferrovia.

    A previsão é de que o trecho entre Rondonópolis e Cuiabá estará concluído e em funcionamento no ano de 2025.

    Já a operação no trecho Cuiabá a Lucas do Rio Verde deve começar em 2028.

    Mão de obra

    Estudos realizados pela Rumo S/A indicam que mais de 230 mil empregos serão gerados durante os anos de construção da ferrovia.

    Segundo Botelho, em parceria com o Governo do Estado, a Assembleia Legislativa também atuará na qualificação profissional permitindo que o Estado tenha mão de obra capacitada para suprir a demanda gerada pela implantação do modal.

    “A partir de agora, abre-se um prazo de seis meses para começar a obra. Dentro desse prazo, a Rumo fará a projeção de quantos postos de trabalho serão ofertados, o número de frentes de trabalho e irá apresentar esses dados ao Governo”, disse.

    “A partir desse perfil, vamos atuar para qualificar essas pessoas. Vamos usar a estrutura do Senai, da Seduc para qualificarmos esse pessoal, especialmente da Baixada Cuiabana, de modo a aproveitar o potencial de emprego que vai surgir por um tempo bem grande”, emendou o deputado.

    Estimativas iniciais apontam para algo em torno de 4 mil empregos diretos na região metropolitana da Capital, a partir do início das obras do modal.

    Importantes

    SETOR CRESCE

    Representantes do setor imobiliário pontuam cenário e desafios para o futuro

    Os representantes do setor imobiliário se reuniram em um café da manhã nesta sexta-feira (22) para debater e pontuar o cenário do mercado imobiliário...
    PANDEMIA

    Mato Grosso recebe 107.628 doses de vacina contra a Covid-19 nesta sexta

    O Ministério da Saúde informou ao Estado o envio de 107.628 doses da vacina Pfizer para a imunização dos grupos prioritários da Campanha Nacional...
    PROTESTO

    Greve de transportadores de combustíveis ganha força em MG e outros três estados

    A paralisação dos transportadores de combustíveis e de derivados de petróleo em Minas Gerais atinge 100% dos tanqueiros no estado, segundo o presidente do...
    BARREIRA PETRÓPOLIS

    Operação prende vereador e policiais militares no Rio

    Uma operação conjunta do Ministério Público Estadual (MPRJ), da Polícia Civil e da Corregedoria da Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu hoje (22)...
    PORTARIA

    Governo institui plano para reduzir emissão de gases na agropecuária

    Foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (22) a portaria que institui o Plano Setorial para Adaptação à Mudança do Clima...
    RONDONÓPOLIS

    Vereador rebate críticas e reafirma apoio à implantação de nova Jari

    O vereador Dr. José Felipe Horta (Podemos) conversou com a reportagem do portal AGORA MT e rebateu as críticas que recebeu por ter apoiado...
    TURISTAS BRASILEIROS

    Emissão de passaportes dobra com reabertura das fronteiras

    A reabertura das fronteiras internacionais para turistas brasileiros motivou a emissão de 372.581 passaportes entre os meses de julho e setembro, de acordo com...
    NOVO MÉXICO

    Ator Alec Baldwin dispara arma e mata mulher em set de filmagem

    O ator Alec Baldwin disparou uma arma cenográfica que matou uma mulher e deixou um ferido, nesta quinta-feira (21), no set do filme Rust...
    PANDEMIA

    Covid-19 | 20 milhões estão com a segunda dose da vacina atrasada

    Dados do Ministério da Saúde divulgados nesta quinta-feira (21) apontam que mais de 20 milhões de pessoas ainda não voltaram ao posto de vacinação...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    Nova cidade do Mato-Grosso oferece oportunidade de empreendimentos e investimentos

    O Mato Grosso é o pilar do agronegócio no Brasil e tem este setor como responsável por 50% do Produto Interno Bruto (PIB) da...
    AMOR E SOLIDARIEDADE

    Projeto ‘Jardim de Deus’ atende crianças carentes e se mantém através de doações

    Um lugar para as crianças se alimentarem, conversarem e se sentirem acolhidas. Assim é conhecido pela vizinhança o salão em que funciona o ‘Projeto...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    No coração de Mato Grosso, Santiago do Norte é cenário de investimentos e desenvolvimento

    Em meio a uma das maiores crises sanitárias e econômicas de sua história, o Brasil procura alternativas para seguir crescendo economicamente. Na região central...
    FUTURO PROMISSOR

    Distrito planejado atrai empreendedores para interior do Mato Grosso

    O impacto do Mato Grosso na economia brasileira já não é novidade e cada vez mais o estado se torna parte fundamental no PIB...

    Editoriais